Futuro presidente terá de enfrentar financiamento do SUS

Resultado de imagem para susA revitalização do Sistema Único de Saúde (SUS), responsável pelo atendimento exclusivo de cerca de 75% da população, hoje estimada em 208,5 milhões de pessoas, está entre os principais desafios do próximo presidente da República, juntamente com a segurança pública e a geração de empregos. Segundo dados do Ministério da Saúde, o SUS é um dos maiores sistemas de saúde do mundo: em 2017 foram realizados 3,9 bilhões de atendimentos na rede credenciada.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Aécio “desaparece” de palanques

Resultado de imagem para Aécio nevesDe prestigiado líder nacional dos tucanos, Aécio Neves tornou-se quase uma persona non grata no partido. Quase, sim, pois, a despeito de ser evitado por marqueteiros de seu afiliado político Antônio Anastasia, que concorre ao governo de Minas, e tendo sido escanteado pela campanha nacional de Geraldo Alckmin, o mineiro recebeu R$ 2 milhões do fundo partidário destinado ao PSDB.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

No ninho tucano, clima de velório

Resultado de imagem para tucano velorio

O clima na cúpula da campanha de Geraldo Alckmin, o presidenciável do PSDB que teve o crescimento travado pela evolução da candidatura de Bolsonaro, é quase de resignação. “Não há nenhuma racionalidade. Tem que aceitar, não dá para tentar entender”, diz um aliado do tucano.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Sem investimentos, 50% das estradas do país estarão em más condições até 2025

Metade das estradas do Brasil estará em péssimas condições até 2025 se os investimentos adequados não forem realizados, o que representaria um aumento de R$ 208,9 bilhões nos custos logísticos durante o período, indicou um estudo divulgado nesta quinta-feira em Washington, nos Estados Unidos.  Leia Mais…

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

E tome reuniões…

Resultado de imagem para reuniãoCom pesquisas em mãos, o prefeito de Afogados da Ingazeira, Zé Coimbra (PSB) teve uma agenda carregada da molesta nesses últimos dias. Reuniões e reuniões foram realizadas no Espaço Olga Cajueiro para tratar das eleições. Com receio de resultados adversos, todo esforço tem sido feito para evitar eventual vexame…

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

O ganha pão das bandeiras…

Agarrado na amarela bandeira,  ai você vê NESTOR, lá da Vila Pitombeira. Assentado na calçada da prefeitura, despreocupado o Nestor, põe uma mão na cintura. Da labuta surge a grana, pra comprar um taquim da carne e um tiquim de verdura. Do outro lado, tecido, cano e cimento, ganham canteiros em ruas, sem gastos nem provimentos… Eita molesta!

 

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Geraldo Alckmin e Haddad são mais rejeitados que Jair Bolsonaro

A pesquisa da XP, divulgada nessa sexta-feira (21), aponta ainda que o candidato do PT, Fernando Haddad e o do DEM, Geraldo Alckmin, são mais rejeitados do que Jair Bolsonaro, com 60% cada um, contra 57% do candidato do PSL. No entanto, quem  mais registrou rejeição na pesquisa, foi a candidata Marina Silva, da Rede, com 60%.  Leia Mais…

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Luciano Duque prevê fim do reinado do PSB em Pernambuco

Resultado de imagem para luciano duque serra talhadaPara o prefeito de Serra TalhadaLuciano Duque(PT), o crescimento de Armando (PTB) nas pesquisas comprova que o tempo do PSB no poder em Pernambuco já passou. O prefeito avaliou os números do  Datafolha, que mostram um empate técnico entre Armando e Paulo Câmara. Segundo o instituto, Armando cresceu seis pontos percentuais, saindo de 25 para 31%. Já Paulo, manteve-se estacionado, variando na margem de erro de 34 para 35%.  Leia Mais…

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Declive…

Na Praça Padre Carlos Cottart, em Afogados da Ingazeira, Juliano Lalau “DESENVERGA”  um PVC fino que só uma tripa de poico, responsável pela sustentação da bandeira do deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), que assim como tripa azulada, ‘DECLINARÁ’ nas urnas. O socialista não conta nessa eleição com o apoio do prefeito Zé Coimbra. Em outras regiões, Gonzaga também perdeu apoios para lideranças do próprio PSB, partido ao qual está filiado. 

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

COLUNA DO ITAMAR FRANÇA

IMPULSO

A campanha do senador e candidato ao governo do estado Armando Monteiro Neto (PTB) ganhou novo impulso, após pesquisa do Datafolha divulgada na madrugada desta quinta-feira (20). Os números mostram uma diferença de apenas 4% entre o governador Paulo Câmara (PSB) e Armando Monteiro (PTB). Nos últimos dias, o socialista não criou fatos novos, não empolgou sua militância, nem teve o empenho necessário por parte das lideranças que o apoiam, principalmente prefeitos. Empatado tecnicamente com Paulo, a campanha de Armando avolumou-se, atraindo novos aliados e adesões populares, o que pode levar a eleição para o segundo turno. Paulo oscilou de 34% para 35%. Já Armando saiu de 25% para 31%, registrando um crescimento de 6% em relação à pesquisa anterior.

INTENÇÃO/REJEIÇÃO

Resultado de imagem para PAULO CAMARACandidato à reeleição, o governador de Pernambuco Paulo Câmara (PSB) continua com uma alta taxa de rejeição. Entre os entrevistados da pesquisa DATAFOLHA, Paulo Câmara (PSB): 31%, abaixo apenas de Simone Fontana (PSTU): 33% e Dani Portela (PSOL): 32%.  O percentual iguala os 31% que declararam votar em Armando Monteiro (PTB) nos votos válidos da pesquisa estimulada, o que indica mais dificuldades de atrair votos úteis na reta final. Paulo precisa desconstruir a percepção de um governo ruim para a segurança e traçar estratégias para serem utilizadas para reduzir a rejeição à sua candidatura.

SEM RITMO

Resultado de imagem para LENTOO prefeito de Afogados da Ingazeira, Zé Coimbra (PSB), não imprimiu um ritmo de campanha esperado pela militância da candidata a deputada estadual, Aline Mariano (PP) e pelo candidato a deputado federal João Campos (PSB), com quem faz dobradinha no município. Fica no ar, certa dúvida em relação à campanha de Coimbra: ou o trabalho vem sendo realizado de forma silenciosa, ou o socialista vai dar a carga na reta final da campanha. Pelo menos, o que se vê nas ruas é uma militância fria, sem empolgação, quando deveria ser o contrário, face ao aparato administrativo. No momento em que Coimbra mais precisa, começa a sentir o afastamento de pessoas importantes do seu grupo político, umas para a oposição capitaneada pelo vereador Zé Negão, outras para o pseudo aliado, Antonio Valadares, que apoia candidatos proporcionais diferentes de Zé. Vale lembrar, que o tempo é curto para quem tem uma tropa grande, porém, murcha e desmotivada…

DIFERENTES

Resultado de imagem para CONTRARIOSHá quem questione a divisão entre o prefeito de Afogados da Ingazeira, Zé Coimbra (PSB) com o ex-prefeito Antonio Valadares (PSDB). Pelo menos neste pleito eleitoral, ambos estão apoiando candidatos proporcionais diferentes. Coimbra vota em Aline Mariano (PP) para deputado estadual e João Campos (PSB) para federal. Valadares apoia Waldemar Borges (PSB) e Gonzaga Patriota (PSB), deputado estadual e federal respectivamente. Valá e José disputam votos no mesmo território político, no mesmo palanque do governador Paulo Câmara (PSB). A divisão já vem desde as eleições de 2014, quando Coimbra votou em Anchieta Patriota e Antonio votou em Wal. O fato chama a atenção, já que em outros municípios, prefeitos e ex-prefeitos defendem a mesma bandeira, podendo citar como exemplo, Quixaba, Itapetim, Iguaracy, Ingazeira, Triunfo e Brejinho. Coimbra perdeu a força de cobrar dos seus liderados, quando o seu maior aliado, (antecessor), Antonio Valadares resolve apoiar nomes adversos aos seus representados.

NÃO ACOMPANHA

Resultado de imagem para jose patriotaPor falar nisso, a maioria dos membros do Partido (Patriota) não acompanha o prefeito de Afogados da Ingazeira Zé Coimbra (PSB). Dos três vereadores, apenas Argemiro segue todos os candidatos apresentados pelo socialista. Já Wellington JK, Erickson Torres, Zé Negão, Daniel Valadares, Cancão, Douglas Eletricista, Piaba da Ponte, Clério Alberto, José Carlos Santos, Chico da Cooperativa, Jucélio e Edvaldo Cosméticos, votam em candidatos diferentes, mesmo que no mesmo campo político. Faltou articulação por parte do Chefe do executivo, aproximação, ou habilidade política?

DE OLHO NA CÂMARA

O funcionário público Bião do Hospital, disse que vai disputar novamente uma vaga na Câmara de Vereadores de Afogados da Ingazeira em 2020. Bião é irmão do vereador Luiz Besurão (PSB). Indagado sobre a candidatura a reeleição do irmão, a quem apoiou em 2016, Bião declarou que o processo é democrático e tem o direito de concorrer normalmente a cadeira na Casa Legislativa, assim como qualquer outro cidadão afogadense. “Cada um segue seu rumo, ele tem seus objetivos, eu tenho os meus, então decidi tentar novamente uma vaga na Câmara”, completou Bião.

GUERREIRO

Resultado de imagem para gilberto de belchior vereador custodiaSem nenhum chamariz, nenhum político de renome a nível regional ou municipal, o vereador de Custódia, Gilberto de Belchior, que disputa uma vaga na Assembleia Legislativa do Estado de Pernambuco – Alepe pelo PRTB, vem fazendo uma campanha de grande porte, claro, com o que é lhe oferecido. É perceptível a aceitação popular. Seus atos públicos têm arrastado muitas pessoas, o que pode se configurar numa margem significativa de votantes. Gilberto disputa votos com o candidato a deputado estadual Aglailson Victor (PSB), apresentado pelo prefeito Emanuel Fernandes, Manuca (PSD). Se conseguir suplantar o socialista nas urnas, Gilberto será o maior vencedor desse pleito. Além do prefeito Manuca, Aglailson Victor conta ainda com o apoio do ex-prefeito Nemias Gonçalves, da vice-prefeita Luciara Frasão, de parte dos vereadores da bancada governista, além de suplentes de vereadores, secretários municipais, servidores contratados e lideranças comunitárias. Gilberto trabalha a campanha com o mote de candidato da terra.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Rejeição que mais cresceu foi a de Haddad

Resultado de imagem para rejeição haddad

Segundo o Datafolha, a rejeição que mais cresceu foi a de Fernando Haddad: nove pontos desde o final de agosto. A de Jair Bolsonaro parou de crescer desde o início de setembro. As informações são destaque na Folha de São Paulo.

O petista, que está em segundo lugar na pesquisa com 16% das intenções de voto, agora é rejeitado por 29% dos eleitores. Há uma semana, essa taxa estava em 22% e, na pesquisa dos últimos dias 13 e 14, em 26%. Jair Bolsonaro (PSL), líder isolado da pesquisa com 28%, tem rejeição de 43%.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

COLUNA DO ITAMAR FRANÇA

ARMANDO EMPATA

Resultado de imagem para ARMANDO PAULO CAMARADivulgada pelo Datafolha nesta quinta-feira (20), pesquisa aponta Armando Monteiro (PTB) empatado tecnicamente com o governador Paulo Câmara (PSB). Na Estimulada, Paulo Câmara (PSB) aparece com35%, enquanto Armando Monteiro (PTB) 31%. O resultado já era esperado pelo Grupo Pernambuco Quer Mudar, isso porque nos últimos dias houve um crescimento perceptível do candidato petebista. Paulo Estancou nos números e agora a tendência é Armando crescer. O governador não criou fatos novos e vem fazendo uma campanha morgada, sem empolgação. SE a campanha for para o segundo turno, o risco ainda é maior para o socialista. Com um novo ânimo, Armando deverá percorrer a área metropolitana, agreste e capital para sacramentar uma vitória quem sabe no primeiro turno.

A MONTANHA FOI A MAOMÉ…

Resultado de imagem para TOTONHO PAULO CAMARA SAO JOSE DO EGITOO governador Paulo Câmara (PSB) nem precisou visitar o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Antonio Valadares (PSDB) em sua residência para ter o seu voto nessa eleição. Valadares havia dito nos meios de comunicação que só votaria no socialista, se este viesse em sua casa, assim como Miguel Arraes de Alencar e o seu neto Eduardo Campos. Como Maomé não foi à montanha, a montanha foi a Maomé. A passagem do governador pelo Pajeú em campanha eleitoral, apressou os passos do Cabeça Branca que fez finca pra São José do Egito, onde anunciou publicamente o voto ao socialista. O fato chamou a atenção da política regional, devido à repercussão dos comentários de Valadares. Para muitos, Antonio não foi feliz em sua decisão, isso porque, ele mesmo reconhece a frieza do governador Pulo Câmara que durante esse mandato lhe deu a mínima atenção…

CONVENIÊNCIA

Resultado de imagem para PERGUNTAO recuo de Antonio Valadares ao que parece foi uma conveniência por está no grupo e ter forte ligação com o deputado estadual Waldemar Borges (PTB) que tem sua esposa Luciana Santos (PC-do-B) candidata a vice na chapa encabeçada por Paulo Câmara (PSB). Pelo menos a nível local, Valadares sairia por cima, isso porque Armando Monteiro(PTB) poderá ser majoritário e ainda que não seja, será bem votado no município. Nesse contexto, Valadares seria o fato novo e muitos creditariam a boa votação do petebista a sua adesão. Agora com Paulo correndo o risco de perder a eleição para Armando, Antonio dificulta sua pavimentação para 2020. O grupo de oposição muito dificilmente o aceitará como candidato. Zé Negão (PTB) seria o nome para encabeçar a chapa majoritária oposicionista. Diante do sofreu e do sacrifício que ainda carrega, nada mais justo!

NA FRENTE

Resultado de imagem para ALINE MARIANOCorreligionários da candidata a deputada estadual Aline Mariano (PP) acreditam que progressista deve ter uma frente de 2 mil votos a frente do candidato a deputado federal João Campos (PSB) com quem faz dobradinha em Afogados da Ingazeira. Se assim o for, o prefeito Zé Coimbra (PSB) ficará devendo, já que dispõe da força da máquina na mão e é a principal liderança da chamada Frente Popular. Não será fácil para o jovem ser majoritário em Afogados da Ingazeira, já que outros candidatos entram na área com perspectiva de boa votação, é o caso de Gonzaga Patriota (PSB), Zeca Cavalcante (PTB), Carlos Véras (PT), Pastor Eurico e Marília Arraes (PT), dentre outros que poderão surgir.

SEM GASTOS

Resultado de imagem para MARILIA ARRAESPor falar em Marília Arraes, a petista terá um número expressivo de votos no estado sem gastos. A pré-campanha ao governo do estado a tornou conhecida em todas as regiões, abrindo as portas para o êxito desse novo projeto político, depois de ter sido rifada pelo Partido dos Trabalhadores – PT. No Pajeú, a candidata conta com uma túia de militantes fazendo sua campanha de graça e a seca, bem diferente de outros candidatos. Na verdade, a petista foi quem mais ganhou nesse processo político de 2018. Apesar de ter sido rifada com chances reais de ser eleita governadora de Pernambuco, Marília sairá da Câmara de Vereadores do Recife para a Câmara Federal, onde se fortalecerá ainda mais politicamente para novos embates eleitorais. 2020, quem sabe, a petista pode até disputar a prefeitura do Recife…

OPOSIÇÃO COM FABRÍZIO

Resultado de imagem para FABRIZIO FERRAZ FLORESTAA oposição de Triunfo se uniu em torno de um nome e está pedindo votos para o candidato a deputado estadual o Tenente Coronel Fabrízio Ferraz (PHS). Natural de Floresta, Fabrízio é oficial da Polícia Militar de Pernambuco – PMPE. Com bons serviços prestados na corporação, o oficial também tem muita influência fora da caserna. Ferraz conta com o apoio do ex-vereador e ex-candidato a prefeito, Lula Baião (PC-do-B), do ex-prefeito Maninho (PSD), o ex-vereador Djaci Marques e de outras lideranças políticas da cidade.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

PSB de Pernambuco expulsa prefeita de Panelas por declarar apoio à Bolsonaro

A Executiva Estadual do Partido Socialista Brasileiro (PSB-PE) anunciou, nesta quarta-feira (19), a expulsão da prefeita de Panelas, Joelma Campos, que declarou recentemente apoio ao candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro e, no Estado, aderiu à postulação do palanque adversário.

A decisão obedece a deliberação do Congresso Nacional Eleitoral do PSB, que, no dia 05 de agosto do corrente ano, aprovou o apoio às candidaturas de centro-esquerda nas eleições presidenciais e em Pernambuco. “Considerando a da prefeita, que desrespeita a deliberação do nosso congresso, e a importância do respeito à fidelidade partidária e aos compromissos históricos do PSB, nosso partido não poderia se omitir diante dessa posição”, comentou o presidente Estadual do PSB, Sileno Guedes.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Câmara tem 35% e Monteiro está com 31% em Pernambuco, diz Datafolha

Resultado de imagem para paulo camara e armando

Petebista cresceu seis pontos e socialista, um. Candidatos estão empatados no limite da margem de erro

Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira (20) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto para o governo de Pernambuco:

Paulo Câmara (PSB): 35%

Armando Monteiro (PTB): 31%

Julio Lossio (Rede): 3%

Ana Patrícia Alves (PCO): 2%

Maurício Rands (Pros): 2%

Dani Portela (PSOL): 1%

Simone Fontana (PSTU): 1%

Branco/nulo: 19%

Não sabe: 6%

Os candidatos Paulo Câmara e Armando Monteiro estão empatados tecnicamente.

A pesquisa foi encomendada pela TV Globo e pelo jornal “Folha de S.Paulo”. É o terceiro levantamento Datafolha realizado depois da oficialização das candidaturas na Justiça Eleitoral.

No levantamento anterior, feito de 4 a 6 de setembro, os percentuais de intenção de votos eram os seguintes:

Paulo Câmara (PSB): 34%

Armando Monteiro (PTB): 25%

Julio Lossio (Rede): 2%

Maurício Rands (PROS): 2%

Ana Patrícia Alves (PCO): 1%

Simone Fontana (PSTU): 1%

Dani Portela (PSOL): 1%

Branco/nulo: 26%

Não sabe: 6%

Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos

Quem foi ouvido: 1.232 eleitores de 50 municípios de Pernambuco, com 16 anos ou mais

Quando a pesquisa foi feita: 18 e 19 de setembro

Registro no TSE: PE-09351/2018

O nível de confiança utilizado é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem o atual momento eleitoral, considerando a margem de erro

Espontânea:

Na modalidade espontânea da pesquisa Datafolha (em que o pesquisador somente pergunta ao eleitor em quem ele pretende votar, sem apresentar a relação de candidatos), o resultado foi o seguinte:

Paulo Câmara (PSB): 19%

Armando Monteiro (PTB): 13%

Outros: 10%

Branco/nulo/nenhum: 19%

Não sabe: 39%

Rejeição: 

A Datafolha também mediu a taxa de rejeição (o eleitor deve dizer em qual dos candidatos não votaria de jeito nenhum). Nesse item, os entrevistados puderam escolher mais de um nome, por isso, os resultados somam mais de 100%. Veja os índices:

Simone Fontana (PSTU): 33%

Dani Portela (PSOL): 32%

Paulo Câmara (PSB): 31%

Julio Lossio (Rede): 31%

Ana Patrícia Alves (PCO): 30%

Maurício Rands (PROS): 29%

Armando Monteiro (PTB): 23%

Rejeita todos/não votaria em nenhum: 10%

Votaria em qualquer um/não rejeita nenhum: 1%

Não sabe: 9%

Simulações de segundo turno:

Paulo Câmara (PSB): 42% x 39% Armando Monteiro (PTB) (branco/nulo: 15%; não sabe: 4%)

A Datafolha também ouviu eleitores em Pernambuco a respeito da disputa para o Senado.

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram

Em queda, Marina diz que não abre mão de candidatura

Em movimento de queda nas pesquisas eleitorais, a ex-ministra do Meio Ambiente e candidata ao Palácio do Planalto pela Rede Sustentabilidade, Marina Silva, rejeitou nesta quarta-feira, 19, a possibilidade de abrir mão de sua candidatura em nome de uma chapa unificada de Centro como alternativa à polarização que vem se desenhando nas pesquisas.

“Uma eleição em dois turnos é para que a gente não se curve ao pensamento autoritário de decidir no primeiro. É para que a pessoa vote de acordo com seu coração”, disse, em sabatina no Fórum Páginas Amarelas, da revista Veja. Leia Mais…

Compartilhe:
Follow by Email
Facebook
Facebook
Instagram