2017: Eles deixaram saudades aos amigos e familiares…

Já estamos em 2018, mas o último dia do ano 2017 foi de reflexão e lembranças, a saudade dos que morreram é a maior e se intensifica.  Familiares de jovens, crianças e adultos tiveram dor e perdas, mas eles ficarão na lembrança dos afogadenses:

Antônio de Pádua de Lira Barros, morreu aos 63 anos. Pádua fundou o Colégio Dom Hélder e foi funcionário do Banco do Brasil em Afogados da Ingazeira e Iguaracy.

Resultado de imagem para filho de ex-vereador timoteo morreuEmerson Ferreira Veras da Silva , de 25 anos, filho do ex-vereador Timóteo morreu em um acidente de trânsito no Sítio mendes, Zona rural de Quixaba – PE, na madrugada de sábado, dia 16 de dezembro. O jovem era funcionário da Compesa.

A imagem pode conter: 1 pessoa, sorrindoLourinaldo Brito, morreu no dia 30 de novembro. Lourinaldo era motorista, residiu em São Paulo e era natural de Afogados da Ingazeira. 

Um infarte tirou a vida do comerciante, Francisco de Assis Ramos, Assis da Miudeza, morreu no dia 15 de abril, aos 79 anos, no Rio de Janeiro. Assis era pai do afogadense, Carlos da Stock Miudezas.

No dia 25 de junho, faleceu o ex-radialista Miguel Alcântara, aos 63 anos. Ele era operador de áudio e integrou a chamada era de ouro da Rádio Pajeú AM. 

Resultado de imagem para morre nelson irenoUm infarto tirou a vida de Nelson Ireno da Silva, 73 anos. Ele foi presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais, uma importante liderança no desenvolvimento da organização comunitária rural e urbana. O sindicalista morreu no dia 26 de outubro.
Josefa Gomes de Souza, 59 anos, faleceu na madrugada do dia 21 de outubro. Zefinha, como era carinhosamente conhecida na cidade de Afogados da Ingazeira, era irmã de Djalma da Farmácia, Sargento Djaci e da comerciária Maria Gomes.

padrePadre Mário José Bezerra, morreu aos 34 anos, dia 17 de maio, em João Pessoa-PB. Ele e exercia na capital paraibana a função de Capelão do Exército. Ele foi encontrado morto por colegas no alojamento onde ficava. 

 
O jovem Emerson Tenório , 25 anos, foi encontrado sem vida no apartamento em que morava no Recife. Emerson tinha curso superior e uma carreira tida como promissora. Ele era filho do Sargento Edvaldo Tenório.
 
João Matias da Silva, conhecido por João de Perna de Pau, morreu aos 59 anos, após uma parada respiratória, seguida de um infarto do miocárdio.