Blog do Itamar

Funcionário é acusado de assassinar dono de Lava Jato a tiros em Arcoverde

Resultado de imagem para giroflexNeste sábado dia (13), a Polícia Militar divulgou detalhes do homicídio de José Eudes da Silva, de 30 anos, lavador de carros, ocorrido na manhã de ontem dia (12), na Rua 16 de Setembro, no Bairro São Cristovão, no município de Arcoverde, no Sertão pernambucano.

Segundo informações da esposa da vítima, o crime foi praticado por um funcionário da vítima, Roberto Valério, que é ex-presidiário, e segundo ela, teria sido por conta de uma discussão ocorrido na última quinta-feira dia (11), por conta de um documento de um veículo que a vítima tinha vendido, e o acusado havia escondido.

De acordo com informações da PM, com raiva, a vítima cortou os pneus da bicicleta do acusado. Na sexta-feira, o acusado não apareceu no local de trabalho. Quando a vítima estava no estabelecimento, foi surpreendido pelo acusado com disparos de arma de fogo.

José Eudes foi alvejado pelos disparos na região do peito, vindo a óbito no local. Após o crime, Roberto fugiu pulando o muro da vizinhança, em seguida tomou destino ignorado. A Polícia Civil investiga o caso.
Facebook
Facebook
TWITTER
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *