Blog do Itamar

Faltando nove meses, sucessão de Batista tem o cenário indefinido em Triunfo

Faltando cerca de meses para as eleições, o cenário em Triunfo ainda é de indefinição.

O motivo: O prefeito João Batista Rodrigues (PL) anunciou que não tentará a reeleição. Batista já declarou publicamente que o ex-prefeito Luciano Bonfim (Avante) seria seu candidato à sucessão, mas Luciano não vem mostrando disposição para concorrer o pleito deste ano.

No grupo governista sobram nomes para a disputa. Nos bastidores, três nomes são apontados como pré-candidatos: Luciano Bonfim, João Hermano e Paula Cristiane, esposa de Luciano.

Os outros quatro pré-candidatos de Triunfo são da oposição: Eduardo Melo (MDB), Nego Rico (PRB), Genildo da Água (PSB) e William Terto (PV), este último disputou a prefeitura em 2016.

*********************************

CENÁRIO.

LUCIANO BONFIM

Se o ex-prefeito Luciano Bonfim (Avante) definir sua pré-candidatura, não haverá disputa interna no grupo situacionista, isso porque há um consenso em torno do seu nome. Luciano foi prefeito de Triunfo por três vezes e é considerado a maior liderança política do município.

*********************************

EDUARDO MELO

Ex-prefeito de Triunfo por duas vezes e bem pontuado em pesquisas de intenção de voto realizadas para consumo interno, o médico tem sido escanteado pelo grupo governista. De forma indireta, lideranças da cúpula governista já alfinetaram Eduardo por ter antecipado o processo, quando este lançou sua pré-candidatura à prefeitura sem consultar o grupo.

*********************************

NEGO RICO

Único vereador oposicionista de Triunfo, Nego Rico está decidido concorrer à prefeitura nas eleições municipais deste ano. Convidado a ingressar em algumas agremiações partidárias, Nego analisa minunciosamente todas elas, para escolher a melhor opção entre as siglas.

*********************************

MANINHO

Outro nome que já disputou a prefeitura e pode voltar em 2020 é o ex-prefeito Maninho (PSD). Eleito prefeito de Triunfo em 2004, com o apoio do prefeito à época Luciano Bonfim, Dr. Maninho foi derrotado em 2008 pelo seu próprio antecessor, o qual havia rompido com Maninho antes mesmo de este assumir a prefeitura. Maninho também se coloca como um dos pré-candidatos.

Por enquanto, há um cenário político indefinido na Oásis do Sertão.

**** O grande problema que o grupo situacionista poderá enfrentar é quanto a pré-candidatura do médico Eduardo Melo (MDB). É que mesmo que Luciano não entre na disputa, ainda assim Eduardo não seria o candidato do grupo. Nesse caso, a reeleição de Batista salvaria o grupo governista, já que acredita-se que Eduardo Melo não disputaria a prefeitura contra o a atual Chefe do Executivo. Há quem diga que a relação entre os dois não ande tão bem assim…

Facebook
Facebook
TWITTER
Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *