Blog do Itamar

Após carta ao Papa contra o presidente Jair Bolsonaro, protesto anticomunista é marcado em frente à CNBB

Um grupo de católicos organiza para a tarde desta sexta-feira (31) protesto em frente à sede da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), em Brasília (RN).

“O recado que será dado em nossa manifestação, com faixas e orações, é que somos contra o comunismo, conforme se ensina nos documentos da Igreja Católica”, diz trecho da divulgação.

Nesta semana, mais de 150 bispos — a maioria adepta da Teologia da Libertação — anunciaram que enviaram ao Papa Francisco um manifesto contra o governo de Jair Bolsonaro. Inclusive, os do Rio Grande do Norte: o de Caicó (RN) Dom Antônio Carlos Cruz, o Arcebispo de Natal (RN) Dom Jaime Vieira Rocha e o de Mossoró (RN) Dom Mariano Mazana.

Que:

Estão sendo acusados de serem Bispos militantes que não respeitam a opinião majoritária da sociedade brasileira, onde se incluiu milhões de católicos que elegeram Bolsonaro.

Um comentário sobre “Após carta ao Papa contra o presidente Jair Bolsonaro, protesto anticomunista é marcado em frente à CNBB

  1. Alberto Góes

    Mas é interessante. Tem líderes religiosos, através dos seus canais de TV que defendem veementemente o Presidente da República e só o elogiam, sem qualquer crítica aos seus atos.

    Mas quando existe uma parte do clero da Igreja Católica que simpatiza outra corrente partidária aí é feio, é proibido e não pode.

    Ora, ora, 2 pesos e 2 medidas…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *