Blog do Itamar

COLUNA DO ITAMAR FRANÇA

Muitos municípios vivem inadimplentes" | Política | Diario de ...“DE CORAÇÃO PARTIDO…” – Até que ponto foi boa a reconciliação política entre o ex-prefeito de Afogados da Ingazeira, Totonho Valadares (MDB) com o prefeito José Patriota (PSB)? De um lado, a volta de quem nunca foi colaborou com o processo de discussão interna dentro do conjunto da chamada Frente Popular, mas do outro, abriu brechas para a concretização do projeto político do vereador José Edson Ferreira, Zé Negão (PODEMOS) que aguardava esse vácuo para alçar voo mais alto. O Negão pega de bandeja os votos da oposição e os insatisfeitos com a decisão tomada pelo ex-prefeito. Emplacar o vice na chapa encabeçada por Alessandro Palmeira (PSB) não será fácil como imagina, isso porque, o PSD tem em seus quadros cinco vereadores de mandato e ainda quatro postulantes ao cargo. Tanto o ex-vereador Heleno Mariano, quanto o sobrinho Igor Mariano, atual presidente da Câmara estarão na luta até os minutos finais. Liso que só mussum e ciente de uma eventual rejeição a determinado nome na chapa, Coimbra, poderá dizer os seguintes dizeres: “Companheiro, estou de coração partido diante da situação, era o que eu mais queria ver essa chapa jovem ser anunciada, mas olha, o abacaxi pra descascar, um grupo me pressionando pela NÃO composição, e fico nessa sinuca de bico, porque se anunciar poderei perder o aval de um grupo, então vamos repensar”. E nisso meu véi, um novo processo se abre para discutir quem será o vice do poeta-psicólogo… Mas são conjecturas imaginárias de um ‘achista’ que às vezes, nem dá conta do que escreve!

************************************

NOTA DE REPÚDIO – Professores da Rede Municipal de Ensino de Afogados da Ingazeira programam retomar a divulgação em carros de som, da NOTA DE REPÚDIO contra a administração do prefeito José Patriota (PSB) cobrando a o pagamento do piso salarial à categoria com retroativo. Nas rede sociais, uma túia de questionamentos, críticas e denúncias contra a gestão de Coimbra. De carona, o vereador José Edson Ferreira, Zé Negão (PODEMOS) que não é besta tem dado suas cutucadas de leve no governo municipal.

************************************

É CANDIDATO QUE NÃO ACABA MAIS! – Com 06 (seis) pré-candidatos da área, a região de Ibitiranga e Novo Pernambuco, zona rural de Carnaíba que abrange Antonico, Antas, Jatobá, Jardim e Bem-te-vi receberá a visita de Jeovani Adriano que retorna a cena política com o projeto voltado ao legislativo, ainda Ivan Vaqueiro, Irmão Adilson, Antonio Venâncio e Tota. Em 2016, dois vereadores foram eleitos naquela região: Antonio Venâncio e Irmão Adilson.

************************************

É PEGAR OU LARGAR! – Ciente de que terá mais chances de se eleger no PTB ou PODEMOS do vereador e pré-candidato a prefeito, Zé Negão, o Subtenente da Polícia Militar, Gleydson deve migrar do PDT para uma das agremiações partidárias supracitadas. Convidado pelo vereador Zé Negão para integrar seu grupo político e concorrer o legislativo por um dos partidos da coligação, Gleydson disse que está analisando a possibilidade, isso porque, teria mais dificuldade de se eleger no PDT, sigla que faz parte do conjunto de partidos da chamada Frente Popular. Da forma que vem conduzindo o processo, o prefeito José Patriota (PSB) pouco se importaria com a saída do militar, isso porque a Frente Popular está farta de pré-candidatos. Cabe a Gleydson analisar o que é melhor para o seu projeto político…

************************************

PESQUISA DEFINIRÁ A CHAPA – Uma pesquisa a ser realizada nos próximos dias no município de Iguaracy, definirá o pré-candidato da oposição. Depois de um áudio compartilhado nas redes sociais, dando conta de que a chapa seria formada por Francisco de Sales e Léo, o ex-prefeito Dessóles Monteiro (MDB) declarou que a informação não procede, isso porque, uma pesquisa será encomendada para definir a composição da chapa. Os nomes colocados são: Rogério Lins, Francisco de Sales, Leo Dessoles e o do ex-prefeito Francisco Dessóles.

************************************

AUXILIADORA NA ÁREA – Na coluna de ontem (30/07), o blog comentou sobre as expectativas em relação ao Partido Democrático Trabalhista (PDT), na qual fazia menção a alguns quadros importantes da legenda. Ficou despercebido o nome da Agente Comunitária de Saúde – ACS, Maria Auxiliadora. Com uma história de luta na defesa da classe, Auxiliadora desponta como um dos nomes fortes do PDT, por contar com o apoio de grande parte dos ACS’s e do advogado Steno Ferraz que vem dando um suporte nas articulações com os respectivos profissionais.

************************************

SINAL RUIM PARA ECONOMIA – A nota de R$ 100 reais é de 1994. A nota de R$ 200 reais é o Imposto Ipiranga avisando que vai ter inflação. A desvalorização da moeda vem ai pela frente. A inflação já existe, vai só aumentar. Vamos apenas aguardar a concretização do fato.

************************************

JOGOU A TOALHA – O ex-deputado federal Sílvio Costa (Republicanos) jogou a toalha e desistiu de concorrer a prefeitura de Jaboatão. Alegando a falta de unidade em torno de um nome que reúna melhores condições para representar a oposição, Sílvio anunciou que em função da impossibilidade de unidade, abriu mão de sua pré-candidatura, mas vai continuar dialogando com os pré-candidatos que desejem construir uma Jaboatão mais inclusiva e justa.

************************************

IVERMECTINA – O mercado farmacêutico vendeu cerca de 8,6 milhões de caixa de ivermectina em junho. O número supera largamente o de caixa vendidas no mesmo mês de 2019 –650 mil– e é maior que as vendas somadas de todo o ano de 2019 –8,2 milhões de caixas. Os dados são da consultoria em saúde IQVIA, com base em levantamentos do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos e do Conselho Federal de Farmácia (CFF).

************************************

CÁSSIO CONDENADO – O ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB) foi condenado em uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público Federal, que visou adequar a remuneração recebida por ele enquanto ainda estava no Senado ao limite constitucional estabelecido para a remuneração de agentes públicos, já que Cássio acumulava indevidamente o salário de Senador, no valor de R$ 26.723,13, com a pensão de ex-governador do Estado da Paraíba, no valor de R$ 23.500,82. De acordo com o entendimento da juíza Wanessa Figueiredo dos Santos, Cássio Cunha Lima deve repor subsídio de Senador que, somado à pensão especial de ex-governador do Estado tenha superado o teto previsto no art. 37, XI, da Constituição Federal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/blogdoitamar/www/wp-includes/functions.php on line 4669

Notice: ob_end_flush(): failed to send buffer of zlib output compression (1) in /home/blogdoitamar/www/wp-includes/functions.php on line 4669