Blog do Itamar

COLUNA DO ITAMAR FRANÇA

João Campos e Marília Arraes vão ao 2º turno no Recife | Congresso em FocoEXPECTATIVA E INCERTEZA – O deputado federal João Campos (PSB), candidato governista no Recife enfrentará no segundo turno, a deputada federal Marília Arraes (PT), um nome sem desgaste junto ao eleitorado. Marília acabou o primeiro turno empatada tecnicamente com o candidato socialista que despontava na frente com ampla vantagem em pesquisas de intenção de votos realizada durante a campanha eleitoral. Se Marília tiver o apoio de setores da oposição, João Campos correrá sério risco em seu projeto politico. Há um fator que pode colaborar bastante com João Campos que é o eleitorado bolsonarista na veneza pernambucana que tem aversão ao Partido dos Trabalhadores (PT). As pesquisas de intenção de voto logo logo trarão um norte sobre o cenário em Recife, que por enquanto é de expectativa e incerteza…

*****************************************************

DE BANDEJA – Embriagado pelo excesso de confiança, o prefeito de Tabira Sebastião Dias (Sem Partido) entregou de bandeja a prefeitura ao seu principal adversário político. Faltou habilidade em Bastião para manter no grupo os vereadores Marcos Crente, Didi de Heleno e Nelly Sampaio, além de Edmundo Barros e Sebastião Ribeiro. Conduzida pelo deputado federal Carlos Véras e pelo filho Alan Dias, as articulações esbarraram numa série de contradições. No final prejudicou a campanha de Flávio Marques (PT) que tinha tudo para vencer o pleito.

*****************************************************

CONSOLIDOU – A adesão da vereadora Nelly Sampaio (PSC) a candidatura de Nicinha de Dinca (MDB) a prefeitura de Tabira ajudou a consolidar a vitória da emedebista nas urnas no dia 15 de novembro. Nelly que fazia parte da base governista rompeu com o prefeito Sebastião Dias (Sem Partido) e se lançou candidata na terceira via, doravante desistiu de concorrer a majoritária anunciando apoio a candidatura de Nicinha. No bolo, aliados mais próximos e o seu pai, o ex-prefeito Rosalvo Sampaio que nunca havia sido eleitor do ex-prefeito Dinca Brandino.

*****************************************************

DE FORA – Figuras políticas importantes estão de fora da próxima Legislatura da Câmara Municipal de Serra Talhada. A eleição do último domingo, 15, pôs fim ao mandato de vereadores com história dentro da Câmara, a exemplo de Nailson Gomes, Antônio de Antenor, Paulo Melo, Sinézio Rodrigues, Vera Gama e Dedinha Inácio. No lugar deles estreiam no legislativo municipal China, André Terto, Antônio da Melancia, Zé de Dida Gaia, Gin Oliveira e Vandinho.

*****************************************************

SURPRESA – Um dos campeões em número de mandatos na Câmara de Custódia, o vereador Gilberto de Belchior (MDB) que estava em busca do sétimo mandato, obteve 788 votos e não foi eleito nas eleições municipais deste ano. O insucesso de Gilberto nas urnas foi a grande surpresa do pleito, já que o emedebista era um dos nomes cotados para a disputa pela prefeitura. Em 2018 foi o segundo candidato a deputado mais votado do município. Outro que não conseguiu a reeleição foi o vereador Rony Barbalho (MDB), atual presidente da Casa.

*****************************************************

NÃO SE REELEGERAM – Depois de seis mandatos na Câmara de Carnaíba, o vereador Anchieta Crente (DEM) ficou de fora da nova legislatura. Quem não conseguiu a reeleição, assim como Anchieta, e que assumiu a cadeira deixada por Zé Ivan (PSB) em abril de 2017 foi Everaldo Patriota (PSB).  Ele obteve 250 votos. Também ficou de fora o Irmão Adilson (DEM).

*****************************************************

SE DESTACARAM – Com uma campanha atípica por causa da pandemia, alguns nomes em município da região confirmaram o favoritismo e se destacaram no número de votos, como Jorge Soldado (PSB) em Iguaracy, Lau (Avante) em Quixaba, Neudo da Itã (DEM) em Carnaíba, Jordânia Siqueira (PSB) em Itapetim e Neguin da Danda (Avante) em Santa Terezinha. Outros nomes surpreenderam, como é o caso de Toinho da Ponte (Podemos) em Afogados da Ingazeira, Irmão Paulinho (DEM) em Carnaíba e Josias Corumba (Podemos) em Ingazeira.

*****************************************************

ESTREIAM – Com o retorno de dois ex-vereadores, a composição da Câmara de Afogados terá 06 partidos representados. Três legendas ausentes na atual legislatura ganharam cadeiras, são elas: PDT, PTB e PODEMOS. A sigla com a maior bancada agora é o PSD, com quatro vereadores. Na sequência, com três eleitos está o PSB do prefeito Sandrinho e PDT com dois.

*****************************************************

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *