Cidades

Mais de 250 ações tramitam na justiça contra a prefeitura de Iguaraci. Procurador diz que volume é grande para o porte do município

Resultado de imagem para açoes na justiçaO número de ações ajuizadas contra a Prefeitura de Iguaraci, no Sertão do Pajeú chamam a atenção do Procurador do Município, o advogado Flávio Pessôa de Souto Maior Júnior. A partir de um levantamento prévio feito pelo próprio advogado, após a implantação do Processo Eletrônico, Iguaraci teve em 2016, 02 (duas) ações, Tuparetama 08 (oito) e Iguaraci contabilizou mais de 50 (cinquenta) ações. Para o procurador, por ser um município de pequeno porte, o volume de demandas é muito grande.

Terminal Rodoviário remodelado

Depois de matéria publicada no blog do Itamar França, o Terminal Rodoviário de Afogados da Ingazeira teve sua fachada remodelada. A Rodoviária ganhou uma nova imagem, dando uma melhor impressão, a população e aos visitantes que passam pela cidade.

Tido como Morto, Rio Pajeú volta a ressuscitar

As chuvas caídas nos últimos meses, não só salvaram os mananciais que abastecem a região, mas trouxeram alegria aos pajeuzeiros. Depois de passar um longo período seco que só língua de papagaio, o famoso rio que vai despejar no São Francisco, ‘vorta’ a respirar.Sofrido pelos impactos humanos, através do despejo de lixo, esgotos, pocilgas e dejetos em seu longo percurso, o Rio Pajeú grita e pede socorro. Só um grande pacto entre os governos municipais, Estado de Pernambuco e Governo Federá pode de vez ressuscitá-lo!

Motoristas enfrentam calçamento ruim em Triunfo

Quem visita Triunfo se depara com um calçamento ruim da molesta. Na via mais movimentada da cidade, o principal acesso para o município, motoristas sofrem com as más condições do asfalto. O problema é antigo e uma queixa constante de quem visita a Oásis do Sertão. 

VÍ POR AÍ…

Na Praça Padre Carlos Cotart , bem no Centro de Afogados da Ingazeira, Nosso Olheiro Andarilho se deparou com o milharal já em fase de colheta. As chuvas caídas nos últimos meses alimentou-o deixando-o robusto e com a perspectiva de germinar umas belas ‘caroçudonas’. Tão logo apareça os ruivos cabelos vegetarianos, as pobres espigas certamente terão muitos donos… Agora me diga: a imagem retrata, inércia, descaso ou abandono?

Dumingo ‘fruminou’ de gente na ‘Barragi’ de Brotas

O domingo foi de muita visitação, visitando a ‘BROTANTE’ Barragem da cidade. ‘Fruminou’, mas ‘Fruminou’ gente de toda diversidade, foi um movimento da gota, naquela localidade. Para chegar a parede paredante, muita gente lameou os seus lamantes, pisando nas pastas verdes do causticante sol hilariante. No acúmulo das águas de riba, entre as pedras pedrantes pedrejantes, lá se via inúmeros banhantes, casados, ‘sorteiros e amantes’… O som da queda das águas, com a diversidade dos gritos, deixou um cachorro aéreo, bizonho, despercebido. Na solidão solidante, o canino caninante, vagueou por entre as vagas, vagueantes do instante. E só restaram os mosquitos roendo o seu bufante…Farofa no ‘carderão’ cuns taquinhos de galinha, me fez lembrar velhos tempos das migrações nordestinas. Nas pedras por entre as árvores, um mói de gente gentava, espiando os espinhentos, nas águas frias das águas. E nesse zunido todo, suas barrigas roncavam.

Triunfo: Lama na PE-350, na serra do Brocotó

Na PE-350, Brocotó, trecho que liga Triunfo ao município de Flores a lama acumulou sobre a pista dificultando o trajeto dos veículos. Alguns condutores tiveram dificuldade de dirigir sobre a via na tarde deste sábado (14). Nossa Equipe de Reportagem esteve no local e fez o click da tela.

Anel Viário registra nova morte em Afogados

Um acidente terminou com a morte de João Paulo Ferreira Santana, 22 anos, no Sistema Viário de Contorno, a frente do Colégio Dom Hélder Câmara, Afogados da Ingazeira. Ele morreu ao bater em uma árvore e em seguida em uma parede no fim da grande reta naquele setor.

Há informações de possível excesso de velocidade. Não há mais detalhes das circunstâncias do acidente. Ele estava em uma Moto Titan Honda preta placa PFC 2917. Continue Lendo

Advogado vai recorrer de sentença que condenou réu em Afogados da Ingazeira

A imagem pode conter: 1 pessoaO advogado Luciano Pacheco, que defendeu o réu Júlio César de Moraes, vai recorrer da sentença que condenou seu cliente a uma pena de 17 anos e 2 meses de reclusão em regime fechado. O réu foi julgado nesta quarta-feira (11) pela participação no assassinato do comerciante Carlos Alberto Bezerra da Silva, que era conhecido por Beto de Letícia, ocorrido no dia 30 de novembro de 2016, na Avenida Artur Padilha, em Afogados da Ingazeira.

A sentença foi decidida por sete jurados e lida na madrugada de hoje pelo juiz Pablo Oliveira Santos. O advogado alega que “a condenação se deu sem provas nos autos e que a pena foi excessiva, sem justificativas legais.” Para Luciano, houve excesso na sentença dada a seu réu e que tem chances de ser anulada em segunda instância. Júlio Moraes foi condenado por homicídio com a qualificadora que lhe foi imputada, a que impossibilitou a defesa da vítima.

Manifestação

Familiares de Carlos Alberto Bezerra da Silva, Beto de Letícia, ou Beto do Espetinho como era conhecido, assassinado no dia 30 de novembro de 2016, na Avenida Artur Padilha, em Afogados da Ingazeira, se manifestaram nesta quarta-feira (11), expondo uma faixa na frente ao Fórum pedindo justiça. Na ocasião, estava acontecendo o juri  dos réus no processo  da morte de Beto. 

Acusados da morte de Beto do Espetinho são condenados em Afogados da Ingazeira

Resultado de imagem para tribunal juriO Tribunal do Júri Popular de Afogados da Ingazeira condenou na madrugada desta quinta-feira, dia 12 de abril, dois réus acusados da prática de um homicídio, na tarde do dia 30 novembro de 2016. A vítima foi o comerciante, Carlos Alberto Bezerra da Silva, que era conhecido por Beto de Letícia, proprietário de um espetinho, assassinado a tiros de revólver, ao ser abordado em frente a sua residência, localizada na Avenida Artur Padilha, nas proximidades do Posto Texaco.

Os acusados, segundo relatos do processo, estavam em uma moto, sendo que um deles armado de um revólver desceu do veículo e atirou contra a vítima que ainda foi socorrida, mas veio a óbito. Dias depois, Adson Vinicius se apresentou na Delegacia de Polícia Civil de Afogados da Ingazeira, onde prestou depoimento, sendo encaminhado posteriormente a Cadeia Pública.

Júlio César Moraes também se apresentou na Delegacia de Polícia Civil local, foi encaminhado a Cadeia Pública e depois transferido para o Presídio Advogado Brito Alves, em Arcoverde.  Em seu depoimento nesta quarta-feira, ele (Júlio) negou a autoria do crime, atribuindo a Adson Vinicius, a participação ativa no caso, que em contrapartida, acusou Júlio.

Crime Premeditado

Para o representante do Ministério Público, o Promotor de Justiça Dr. Júlio César Cavalcanti Elihimas, que atuou no júri, o crime foi premeditado e a vítima foi assassinada sem defesa e por motivo fútil. Para o promotor, Júlio Moraes praticou os atos materiais, enquanto Adson Vinicius deu total suporte para a prática crime, pilotando a motocicleta ajudando a dar fuga.

A tese defendida pela acusação acabou sendo acatada pela maioria dos jurados, que decidiram pela condenação dos réus. Júlio César Moraes foi condenado a 17 anos e dois meses de reclusão, enquanto Adson Vinicius (Bolão) foi condenado a pouco mais de 12 anos. A Sessão foi presidida pelo Juiz Dr. Pablo Oliveira Santos, tendo como representante do Ministério Público, o Promotor Júlio César Cavalcante Elihimas. A defesa de Júlio Moraes foi feita pelo advogado Luciano Pacheco, já a defesa de Adson Vinicius foi feita pelo advogado Cid Matias de Amorim.

Dr. Aluizio Coelho realiza atendimento as gestantes do distrito de Nascente em Araripina

“É um trabalho social que realizo há 08 anos em Araripina, ajudando as pessoas que encontram- se totalmente desassistida pelo poder público”, disse

Nesta terça-feira (10) , dando continuidade ao trabalho social que realiza na Região do Araripe a quase 10 anos, o Médico Aluizio Coelho realizou dezenas de ultra-sonografias obstétricas no distrito de Nascente, zona rural de Araripina no Sertão de Pernambuco. Continue Lendo

Alunos da FASP assistem sessão do Tribunal do Júri

Resultado de imagem para forum afogados ingazeiraAlunos do Curso de Bacharelado em Direito da FASP (Faculdade do Sertão do Pajeú) tiveram a oportunidade de assistir nesta quarta-feira (11), a uma sessão do tribunal do júri no Fórum Laurindo Leandro Lemos, na cidade de Afogados da Ingazeira.

Sentaram no banco dos réus, Adson Vinicius Marcolino e Júlio César Moraes, acusados do assassinato do comerciante Carlos Alberto Bezerra da Silva, conhecido por Beto de Letícia, crime ocorrido no final da tarde do dia 30 de novembro de 2016. Na ocasião, os acadêmicos puderam ver de perto a dinâmica do júri na forma real. 

Ingazeira: Barragem da Caiçara está sangrando

A Barragem do sítio Caiçara, localizada na zona rural do município de Ingazeira está sangrando. As chuvas de março e abril foram generosas, ocasionando o transbordamento do reservatório, que no ano passado secou totalmente, registrando sérios prejuízos aos moradores. Na comunidade, por conta da estiagem, animais já morreram de sede.

Barragem vira atração em Afogados da Ingazeira

A Barragem de Brotas sangrou nesta segunda-feira (09) e como de costume, seguindo quase um ritual, assim que as primeiras águas lavaram a parede a notícia se espalhou rápido pelas ruas e redes sociais.

Milhares de pessoas continuam visitando o manancial, que se transformou no principal ponto de atração de Afogados da Ingazeira. Barracas com comidas típicas e bebidas foram instaladas nos arredores da barragem. Continue Lendo

Afogados não está preparada para período de chuvas

As chuvas caídas nos últimos dias expuseram a falta de estrutura da cidade de Afogados da Ingazeira para esse tipo de evento natural. Nos locais onde é comum o registro de acúmulo de água, a história se repetiu. Nas ruas Henrique Dias, Santo Antonio, Nelson Salvador de Souza e Diomedes, Gomes a chuva de sábado causou alagamento, assustando moradores.Esses pontos de alagamentos são comuns há anos. Nos últimos dois anos, com a seca atípica e a falta de chuvas, o problema não ficou visível. Agora, que o período de chuvas parece estar voltando ao normal, está escancarada a falta de infraestrutura da cidade para receber as já conhecidas pancadas de fim de tarde, típicas do verão.

FALTA DE INVESTIMENTOS
Os alagamentos em pequenos pontos ou trechos de vias são causados pela estrutura insuficiente no escoamento de água. Bocas de lobo e bueiros entupidos também colaboram com a situação. Esses alagamentos são passageiros, assim que a chuva acaba, normalmente a água escoa e a situação fica normalizada. Essas áreas, se as chuvas chegarem acima da média, vão registrar os já conhecidos prejuízos. Alô prefeitura!!!!

Falta um “trisquim” pra Barragem de Brotas sangrar. Pia!

A Barragem de Botas está prestes a sangrar. Com as chuvas deste domingo (08), o manancial, um dos principais reservatórios que abastecem as torneiras de Tabira e de Afogados da Ingazeira chegou a quase o topo de sua capacidade. Durante todo o dia deste domingo, muitas pessoas estiveram no local, que neste período chuvoso costuma atrair muitos visitantes.

Inscrições do concurso da PM e BM da Paraíba terminam nesta segunda

Praça da Alimentação em Monteiro será palco de show de humor próximo sábado

As inscrições para o concurso da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba entram em fase final. O prazo para os candidatos que concorrerão a uma das mil vagas disponibilizadas pelo certame termina na próxima segunda-feira (9), às 23h59.

A inscrição custa R$ 70 e deve ser feita exclusivamente no site da comissão organizadora, através do endereço eletrônico:www.ibfc.org.br. Mais informações e o edital para o concurso podem ser conferidos no site da PMPB:www.pm.pb.gov.br. Continue Lendo

RÁDIO WEB EM ATUALIZAÇÃO…

Damol
UNIVERSIDADE PAULISTA
FVP
Restaurante O Matuto
Contato: (87) 99608-5966
"O SENHOR é meu pastor e nada me faltará"
Advertisement