Economia

Quase 60 milhões de brasileiros estão com nome negativado

O volume de brasileiros com contas em atraso e registrados nos cadastros de devedores segue estável, porém alto. Segundo dados do indicador do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) a estimativa é que o Brasil tenha aproximadamente 59,9 milhões de brasileiros com alguma conta em atraso e com o CPF restrito para contratar crédito ou fazer compras parceladas. O número representa 39,5% da população com idade entre 18 e 95 anos. Continue Lendo

Conta de luz pode subir mais 9% em 2018

O consumidor residencial brasileiro terá de lidar com dois anos de reajustes na energia bem acima da inflação. As causas são um regime de chuvas insuficiente para compensar períodos de seca e o aumento dos encargos sociais.

Na média, as tarifas devem fechar o ano com alta de 14% e subir 9,4% em 2018. A expectativa é que o IPCA (inflação oficial) fique abaixo de 3% em 2017 e em 4% no ano que vem.

Governo libera mais R$ 1,2 bilhão para gastos sociais de prefeituras

O governo federal liberou R$ 2,8 bilhões para todas as prefeituras brasileiras neste ano para o custeio de atividades na área de assistência social, como o financiamento das unidades de acolhimento. Só nesta semana, depois da liberação de recursos que estavam bloqueados no Orçamento, foram repassados R$ 1,2 bilhão.

Quebra na safra de caju

Agricultores da região do Pajeú não conseguiram colher uma boa safra de caju este ano. A estiagem comprometeu também a produção das castanhas. Ainda erm período de colheta, os agricultores têm amargado inúmeros prejuízos. De acordo com o agricultor José Ferreira, a produção caiu significativamente em relação ao ano passado. O declínio também se deve a praga que atingiu boa parte de área plantada.

Preço da gasolina e do diesel tem novo reajuste

Preço da gasolina e do diesel tem novo reajuste

A gasolina e o diesel sofrerão novo reajuste de preços comercializados nas refinarias. De acordo com a Petrobras, em anúncio feito nesta quinta-feira (21) na sua página na internet, a gasolina sobe 1,1% e o diesel 0,4%, a partir desta sexta-feira (22).

Nessa quarta-feira (20), a empresa já havia informado um aumento de 0,7% para o diesel e 1,4% no preço da gasolina, com validade a partir desta quinta-feira. Continue Lendo

Brasileiros pagarão R$ 18 bilhões a mais na conta de luz em 2018

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu que os valores com subsídios ao setor elétrico custarão R$ 18,8 bilhões a mais nas contas de luz dos brasileiros em 2018. De acordo com a decisão, tomada nesta terça (19), o valor será destinado à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE).

SEM PREVIDÊNCIA, VERBA PARA SAÚDE E EDUCAÇÃO DEVE SECAR EM 2028

Resultado de imagem para previdenciaSem a aprovação da reforma da Previdência, as áreas de saúde e educação deixarão de receber recursos, gradativamente, nos próximos anos. A estimativa é que em 2028 o governo não terá mais como pagar os gastos de custeio nem fazer investimentos nessas áreas. Em 18 anos, haverá dificuldade até para honrar os benefícios do INSS e de assistência social, o chamado BPC. As despesas não caberão mais dentro do limite máximo de gastos do governo federal, o chamado teto, previsto na Constituição.

Energia e botijão de gás levam inflação

Resultado de imagem para inflaçãoPuxada pelos preço da energia e do gás de botijão, a inflação acelerou em outubro, fechando o mês em 0,42%, ante 0,16% no mês anterior. No ano, o IPCA acumula alta de 2,21%. Considerando os últimos 12 meses, são 2,7%, informou nesta sexta-feira (10), o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Municípios gastaram R$ 13,7 bilhões em 2016

Os cerca de 180 municípios que aderiram à renegociação das dívidas com a União conseguiram trocar o endividamento de R$ 436,7 milhões por R$ 249,2 milhões. É o que mostra a 13ª edição do Anuário Multi Cidades, da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), que será apresentada amanhã (6/11). Apesar da redução, o relatório mostra que, no consolidado, os gastos dos municípios brasileiros com juros e amortizações somaram nada menos que R$ 13,77 bilhões em 2016.

O Brasil está quebrado

Resultado de imagem para falenciaO Banco Central informou que, em setembro, o déficit primário foi de 21,3 bilhões de reais. No ano, o rombo já está em 152,4 bilhões de reais. Mas o pior número é outro: em 12 meses, o déficit nominal atingiu 567,5 bilhões de reais, ou 8,75% do PIB. O Brasil está quebrado!!!

Governo admite que estuda transformar Caixa Econômica em Sociedade Anônima

Sem dinheiro para que o governo faça um aporte de recursos na Caixa, a secretária do Tesouro Nacional, Ana Paula Vescovi, confirmou nesta quinta-feira, 26, as negociações de alternativas para que o banco reforce seu capital e não descumpra normas internacionais de proteção contra crises no sistema bancário.

Ela também admitiu os estudos para transformar a Caixa em Sociedade Anônima (S.A.). As informações foram antecipadas pelo Estadão/Broadcast.

Afogados: Loja comemora vendas no Dia das Crianças

O comerciante Cristinaldo comemorou as vendas de brinquedos na semana da criança. A Casa Medeiros investiu em em palhaços e cama-elástica, o suficiente para atrair uma grande movimentação de clientes e o sorriso estampado no rosto.

Aneel aprova aumento de 42,8% na taxa extra para a conta de luz a partir de novembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou, nesta terça-feira, um aumento de 42,8% no valor cobrado pela bandeira vermelha no patamar 2. A taxa extra na conta de luz cobrada nesse caso sairá de R$ 3,50 para R$ 5 a cada 100 kilowatts-hora consumidos. A decisão já valerá para o mês de novembro, quando essa bandeira deve continuar em vigor.

De trás para a frente

Já não há dúvida de que a economia brasileira está em recuperação, embora ainda longe de alcançar os níveis de atividade anteriores à intensa recessão iniciada no segundo trimestre de 2014. Com inflação baixa e juros descendentes estimulando o consumo, o espaço para a ocupação da vasta capacidade ociosa está, pelo menos em teoria, desobstruído. O crescimento mais firme e espalhado da economia global, impulsionando exportações e injetando recursos externos, reforça o quadro positivo que agora se apresenta. Continue Lendo

Metade dos brasileiros está com empréstimo ou financiamento atrasado

Levantamento aponta que 50% dos consumidores brasileiros atrasaram as parcelas de empréstimos ou financiamentos no mês de agosto. Desse total, 34% tiveram atrasos ao longo do contrato e 16% estavam com parcelas pendentes no mês. Os dados foram divulgados hoje (6) pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas.

Entre os entrevistados, 42% recorreram a pelo menos uma forma de crédito em agosto, ante 58% que não fez compras a prazo ou empréstimo. Segundo a pesquisa, 14% contraíram algum empréstimo e têm parcelas a pagar; 18% têm pendentes parcelas de financiamentos. Continue Lendo

Bancos admitem que juro é alto e culpam medo de calote e custo trabalhista

Resultado de imagem para juro altoPor que é tão caro pegar um empréstimo no Brasil? A Federação Brasileira dos Bancos (Febraban) encomendou um estudo para tentar responder a essa pergunta. A conclusão é que realmente o país é campeão em juros altos. Entre as razões para isso, citaram custos de operação de um banco, falta de informações sobre a possibilidade de calote de clientes e até encargos trabalhistas.

Além disso, a entidade elaborou uma proposta de reforma do sistema de crédito, com 14 sugestões para o governo mudar a legislação e, desta forma, ajudar a reduzir o chamado “spread”, que é a diferença entre a taxa de juros que você paga no empréstimo e a taxa que o banco paga para levantar recursos para oferecer o crédito.

Mangas do São Francisco serão exportadas para a Coreia do Sul

Mangas produzidas no Vale do São Francisco serão exportadas para a Coreia do Sul. Está será a primeira vez que o Brasil vai vender o produto para o país asiático. A previsão, é que sejam comercializadas cerca de duas mil toneladas da fruta. O principal destino será a capital sul-coreana, Seul. Os produtores da região estão animados com esse novo mercado.

“Essa exportação, além de ser a primeira enviada para a Coreia do Sul, ela vai trazer um novo mercado para nossas frutas”, comemora Tássio Lustosa, gerente-executivo da Associação de Produtores, Exportadores, Hortigranjeiros e Derivados do Vale do São Francisco (Valexport).

Cerca de 800 toneladas , das dua mil que serão vendidas para a Coreia do Sul, sairão de uma fazenda de manga que fica no Núcleo 1 do Projeto Nilo Coelho, na Zona Rural de Petrolina, no Sertão de Pernambuco. “O objetivo nosso é fidelizar cada vez mais os mercados que estão se abrindo, com um fruto de qualidade, para que a gente possa ter sucesso e aumentar o nosso volume de exportações”, explica Nélio Amorim, gerente de negócios da fazenda.

Desemprego cai, mas Brasil ainda tem 13,1 milhões sem trabalho

A taxa de desemprego no Brasil ficou em 12,6% no trimestre encerrado em agosto deste ano. O número foi divulgado nesta sexta-feira (29/9) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A quantidade de brasileiros desempregados é de 13,1 milhões, queda de 4,8% (menos 658 mil pessoas) em relação ao trimestre anterior.

Já o número de pessoas com alguma ocupação, seja ela formal ou não, é de 91,1 milhões. Os brasileiros com carteira assinada somam 33,4 milhões. Na informalidade – trabalhadores sem carteira assinada -, o número aumentou 2,7% na comparação com o último trimestre e chega a 10,8 milhões de pessoas.