Educação

Ministério da Educação sofre bloqueio de R$ 4,3 bilhões no orçamento

tesoura_2Ministério do Planejamento divulgou na tarde desta sexta-feira (31) o detalhamento do corte de R$ 42,1 bilhões no orçamento federal anunciado nesta semana.

De acordo com o ministério, a Educação teve R$ 4,3 bilhões em despesas bloqueadas. Com isso, o orçamento da pasta para 2017, que havia sido definido pelo Congresso em R$ 35,74 bilhões, foi reduzido para R$ 31,43 bilhões.

A Saúde não sofreu bloqueio de gastos, segundo os números do Ministério do Planejamento. O valor aprovado na peça orçamentária, de R$ 99,38 bilhões em despesas, foi mantido.

“O que foi que Daniel Valadares fez pelo esporte de Afogados da Ingazeira?”, questiona Clério Alberto

A imagem pode conter: 2 pessoasO Presidente da Associação Afogadense de Futebol – AAF Clério Alberto Gomes, questionou o vereador Daniel Valadares (PMDB) ao tomar conhecimento de uma nota publicada no blog, dando conta de que o peemedebista estaria engajado na luta por melhorias do futebol de Afogados da Ingazeira. Clério procurou a redação do blog e detonou o parlamentar na afirmativa de que este nunca fez nada pelo futebol de Afogados e estaria apenas tirando proveito polítitico.

Responsável pela realização de campeonatos na cidade, Clério disse ainda que o ex-prefeito Antonio Valadares, pai do vereador em tela, afundou o futebol de Afogados. Ele condenou a atitutde de Charles Cristian, presidente da Liga Desportiva Afogadense – LDA, em ter levado o vereador até a sede da Federação Pernambucana de Futebol – FPF, para um encontro com o presidente, Evandro Carvalho, ocorrido na última sexta-feira (17). Ao passo em que detonou Daniel Valadares, Totonho Valadares e Charles Cristian, Clério  Alberto fez rasgados elogios ao prefeito Zé Patriota.

Professoras podem trabalhar 400% a mais para se aposentar

Professoras podem trabalhar 400% a mais para se aposentarSegundo dados do Sindicato dos Professores da Rede Particular de São Paulo, a reforma previdenciária (PEC 287) pode resultar num acréscimo superior a 400% no tempo de contribuição das professoras de educação básica. A unificação entre homens e mulheres da idade mínima para aposentadoria atinge diretamente a categoria. Segundo dados do Censo as Educação Básica (2015), 80% do magistério da educação básica no Brasil é composto por mulheres.

Escola recebe nova fachada em Afogados da Ingazeira

O antigo Colégio Normal Estadual – CNE, ganhou a fachada com o nome Escola Normal Estadual Professora Ione de Góes Barros. A instituição passou a ser chamada com o nome da professora que por muitos anos esteve à frente da direção, através de um Projeto de autoria do Deputado Estadual Ângelo Ferreira, aprovado pela Assembleia legislativa de Pernambuco.

Ione de Góes Barros, que faleceu em junho de 2011, lecionou na Escola Padre Cottart a partir de 1946, mas ficou marcada pela passagem como professora e Diretora do Colégio Normal Estadual – CNE, na cidade de Afogados da Ingazeira, onde iniciou em 1967 por indicação do Bispo Diocesano Dom Francisco Austregésilo de Mesquita Filho. Ficou lá até 1989.

Reformada, Escola Domingos Teotônio terá início das aulas no dia 20 de fevereiro

Os alunos da Escola Municipal Domingos Teotônio, localizada no bairro São Braz, em Afogados retornam às aulas segunda-feira, dia 20 de fevereiro, reinaugurando o prédio agora todo reformado. A escola terá capacidade para atender 390 alunos por turno. São 503 m² de área, onde foi construído um primeiro andar. Os alunos estão ansiosos para estrear na nova escola que contará com 13 salas de aula, biblioteca, laboratório de informática, pátio de recreação, banheiros com acessibilidade, além de nova área administrativa. Para a direção, esses elementos contribuirão para a frequência e o rendimento escolar.

Quadra da Escola Edson Simões será coberta

A Escola de Referência em Ensino Médio Edson Simões terá sua Quadra Poliesportiva coberta. A execução dos serviços realizará o sonho de centenas de alunos que aguardam ansiosos para poderem realizar suas atividades esportivas e culturais com condições mais favoráveis.

De acordo com a gestora Ynnara Dantas, há mais de dez anos, a escola lutava pela cobertura da quadra. O educandário recebe alunos nos períodos matutino, vespertino e noturno. A cobertura possibilitará a sua utilização no período noturno e os alunos do diurno deixarão de praticar as atividades físicas no sol.

FIES ameaçado

A Folha diz na manchete que a inadimplência do Fies cresceu no ano passado e ameaça a sustentabilidade do programa: 53% dos 526,2 mil contratos em fase de pagamento estão atrasados.

O melhor programa social que existe é criar empregos.

De olho no piso do magistério

olhonafechaduraLevantamento do Ministério da Educação mostra que a maior parte dos municípios brasileiros não paga o piso salarial aos professores da rede municipal.

Entre os municípios de todos os estados, incluindo o Distrito Federal, que enviaram os dados, 2.533 declararam que pagam um salário aos professores de pelo menos o valor do piso nacional. Isso representa 45% do total de 5.570 municípios brasileiros.

Projeto de Ângelo Ferreira homenageia professora de Afogados da Ingazeira com nome em escola

A Assembléia Legislativa aprovou o Projeto de Lei nº 15.961, de 23 de dezembro de 2016, de autoria do deputado Ângelo Ferreira (PSB), que denomina o Colégio Normal Estadual – CNE, situado na Rua Padre Luiz de Campos Góes, de Escola Normal Estadual Professora Ione de Góes Barros.

O Projeto do deputado Ângelo Ferreira que deixa a Casa Legislativa em 1º de janeiro, foi aprovado por unanimidade em sessão plenária, após receber parecer favorável da Comissão de Constituição e Justiça. A iniciativa do parlamentar em dar nome ao Colégio Normal Estadual teve por finalidade prestar homenagem à professora Ione, ex-diretora do educandário e que muito contribuiu para a formação dos jovens afogadenses.

A professora Ione Góes Barros nasceu na cidade de Afogados da Ingazeira. Filha de João Cecílio de Barros e Julieta de Góes Barros, foi alfabetizada pelos próprios pais. Recebeu o diploma de professora em 1944. Lecionou na Escola Padre Cottart a partir de 1946, mas ficou marcada pela passagem como professora e Diretora do Colégio Normal Estadual – CNE, onde iniciou em 1967 por indicação do Bispo Diocesano Dom Francisco Austregésilo de Mesquita Filho. Ficou lá até 1989.

Ministro da Educação defende fim do ensino noturno no País

Em entrevista à Rádio Jornal, na manhã desta segunda-feira (26), o ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), defendeu o fim do ensino noturno ao longo do tempo no Brasil. Para o pernambucano, a luta é para que os jovens concluam o ensino médio aos 17 anos e não tenham que ir ao mercado de trabalho durante o dia, enquanto estudam à noite.

“Espero que um dia a gente não tenha mais ensino noturno. Isso é uma distorção provocada, porque na verdade quando o jovem vai para uma educação noturna ele acumulou deficiências ao longo da vida. Então temos que acabar com a repetência para que ele não acumule defasagem, conclua o ensino médio como a grande maioria da classe média, aos 17 anos, e  não tenha que se dirigir ao mercado de trabalho por que a família obriga e por que tem necessidade em casa”, disse.

Mec prorroga pela segunda vez prazo para renovação do FIES

fies-prorrogadoO prazo para a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) será prorrogado pela segunda vez, para o dia 30 de dezembro. Inicialmente, o processo seria encerrado em 31 de outubro, mas já havia sido adiado para o dia 15 de dezembro. Segundo o Ministério da Educação (MEC), a portaria com o novo adiamento será publicada amanhã (13) no Diário Oficial da União.

De acordo com o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), dos 1,5 milhão de estudantes que devem renovar o financiamento, 1,2 milhão o fizeram até esta segunda-feira (12). Segundo o FNDE, o prazo foi estendido para que nenhum estudante seja prejudicado.

Além do adiamento, a portaria também autoriza os agentes financeiros do Fies a receber até 29 de dezembro os Documentos de Regularidade de Matrícula (DRMs) emitidos a partir do dia 25 de novembro último e que estejam com o prazo de comparecimento ao banco expirado.

Educação financeira: exemplo dos pais é principal referência para crianças

IMG_8085
A organização financeira é um dos pilares para uma vida com menos complicações. Transmitir os valores e cuidados com o orçamento às crianças é um dever que a sociedade tem com as próximas gerações. Afinal, muitos dos endividados de hoje são pessoas que, há alguns anos ou até décadas, não tiveram o conhecimento adequado para lidar com o dinheiro.

Para evitar que o sorriso infantil dê espaço a lamentações e arrependimentos com despesas no futuro, é imprescindível que os pais transmitam para os filhos ensinamentos sobre as melhores formas de lidar com o bolso. E isso deve necessariamente passar por uma educação dos próprios familiares, que precisam desde já dar bons exemplos de como gastar de forma inteligente os recursos disponíveis.

Cursos de licenciatura a distância aumentam e presenciais diminuem

O número de cursos de licenciatura a distância cresceu 5,04% em 2015 em relação a 2014, de acordo com dados do Censo da Educação Superior 2015, divulgados hoje (6) pelo Instituto de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Já as licenciaturas presenciais, que vinham aumentando até 2012, registram quedas constantes desde 2013. São as únicas a ter redução entre as graduações. Os bacharelados e os cursos de tecnólogo seguem aumentando na modalidade presencial.

O crescimento dos cursos na modalidade a distância foi o maior desde 2011, que, em relação a 2010, aumentou em 7,29%. Atualmente, são 625 cursos, o que corresponde a maior fatia do total de 1.473 cursos a distância no país. Na modalidade presencial, o número de cursos passou de 7.261 em 2014 para 7.004 em 2015, uma queda de 3,5%.

Estados serão proibidos de fazer concursos nos próximos dois anos

Concurso-300x200Depois de muito vaivém, o governo conseguiu chegar a um acordo para votar, ainda nesta semana, na Câmara o projeto de renegociação das dívidas dos estados. Estão mantidas, segundo o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, a proibição para que os estados realizem concursos e deem reajustes a servidores nos próximos dois anos.

O Projeto de Lei Complementar (PLP) 257 também fixa um teto para o aumento de gastos dos estados. As despesas só poderão subir de acordo com a inflação do ano anterior. Essa limitação segue a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que o governo federal enviou ao Congresso e valerá para a União, quando aprovada.

Brasília anuncia concurso com 2,9 mil vagas na área de educação

A Secretaria de Educação do Distrito Federal anunciou hoje (4), em entrevista coletiva no Palácio do Buriti, sede do governo do DF, em Brasília, a realização de concurso público para a contratação de professores, analistas, técnicos e monitores. Serão oferecidas, ao todo, 2,9 mil vagas. O edital deve ser lançado em até 40 dias a partir de hoje.

São 1.170 vagas para contratação imediata e 1.730 para cadastro reserva, dividas entre professores e carreira de assistência à educação. Oitocentas vagas serão destinadas para professor e 1,2 mil para cadastro de reserva; 230 para técnicos em gestão educacional e 330 para cadastro de reserva; 100 para monitores de gestão educacional e 150 para cadastro reserva e 40 para analistas e 50 para cadastro de reserva.

Apenas 4,5% das escolas têm infraestrutura completa prevista em lei

sala-de-aulaApenas 4,5% das escolas públicas do país têm todos os itens de infraestrutura previstos em lei, no Plano Nacional de Educação (PNE), de acordo com levantamento feito pelo movimento Todos pela Educação. As condições de infraestrutura são mais críticas no ensino fundamental, etapa que vai do 1º ao 9º ano: 4,8% das escolas possuem todos os itens. No ensino médio, a porcentagem sobe para 22,6%.

O levantamento foi feito com base no Censo Escolar de 2015 e levou em consideração o acesso a energia elétrica; abastecimento de água tratada; esgotamento sanitário e manejo dos resíduos sólidos; espaços para a prática esportiva e para acesso a bens culturais e artísticos; e, equipamentos e laboratórios de ciências. Foi considerada ainda a acessibilidade às pessoas com deficiência.

Entre os itens mais críticos estão o laboratório de ciências – presente em apenas 8,6% das escolas públicas de ensino fundamental e 43,9% de ensino médio – e a quadra esportiva – presente em apenas 31% de todas as escolas públicas. Fatores básicos, como acesso à água tratada e esgoto sanitário, ainda não são universais, sendo verificados, respectivamente, em 91,5% e 37,9% das escolas públicas.

Educação brasileira no centro de uma guerra ideológica

educacao_saoA polarização ideológica que atingiu o país nos últimos anos tem levado a educação para o centro de uma batalha que começa a ter contornos perigosos, na opinião de educadores. Iniciativas espelhadas no movimento “Escola Sem Partido”, que prega o “fim da doutrinação” nas escolas, têm se espalhado pelo Brasil e pressões conservadoras querem levar a aprovação da Base Nacional Comum Curricular, um documento guia para todas as escolas e que há um ano é discutido por especialistas, para as mãos do Congresso, que em 2015 já conseguiu banir o termo “gênero” do Plano Nacional de Educação, por considerar que a palavra se referia a uma questão de ideologia.

Criado há 12 anos por um pai indignado com o professor de história da filha, o Escola Sem Partido começou a ganhar um protagonismo maior no ano passado. E, neste ano, entrou na lista de assuntos polêmicos quando o controverso ator Alexandre Frota -conhecido por suas posições extremistas contra a esquerda e por uma aparição na TV em que disse, em um quadro humorístico, ter estuprado uma mulher- foi recebido ao lado de manifestantes pró-impeachment do grupo Revoltados Online pelo ministro interino da Educação, Mendonça Filho, para discutir, entre outras coisas, o projeto, segundo eles.

Longe dos holofotes, entretanto, o movimento já ganhou bastante espaço em muitas esferas políticas. Segundo o grupo Professores contra o Escola Sem Partido, ao menos nove Estados, incluindo Rio de Janeiro e São Paulo, além do Distrito Federal e de diversos municípios, discutem projetos de lei aos moldes de um documento criado pelo movimento.

Urgente!!! Governo fala em fechar IFPE – Campus Afogados da Ingazeira

ifpe [dropcap]S[/dropcap]e o governo Temer mantiver a proposta de redução na educação o IFPE – Campus Afogados da Ingazeira pode fechar. O alerta foi dado pelo presidente do Grêmio Estudantil Francisco Alves. Em sua página virtual, o estudante afirmou que o novo Ministro da Educação, o pernambucano belojardinense, deputado licenciado Mendonça Filho (DEM) quer CRIAR um IF AGRESTE e EXTINGUIR o IFPE – CAMPUS AFOGADOS.

“A informação é verídica, ou seja, ELE QUER, ELE TEM ISSO EM MENTE e só depende dele FAZER. Não há nada oficial, nada está definido oficialmente, mas a ideia deles é essa mesmo! Estou no ENET no Rio de Janeiro, hoje pela manhã ficamos sabendo dessa informação e vamos criar uma grande mobilização. O ex-SETEC (do governo Dilma) esteve na abertura do ENET e CONFIRMOU o plano de Mendonça Filho”, escreveu Francisco.

 

Inscrições para o ENEM serão encerradas hoje (20)

Esta sexta (20) é o último dia para os estudantes se inscreverem no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O prazo termina às 23h59, no horário de Brasília, e as inscrições são feitas apenas pela internet, no site do Enem. As provas serão aplicadas nos dias 5 e 6 de novembro.

Comemoração da Semana da Leitura na Escola paulo Guerra

12985594_1725229724419725_4821391919882763570_n - CópiaCom o objetivo de despertar o interesse pela leitura, tornando um hábito, os professores  do infantil e  fundamental I da Escola Municipal Dr Paulo Pessoa Guerra, criaram nesta semana da leitura, um ambiente lúdico e conformável para acolher os alunos. Neste ambiente os presentes tiveram a oportunidade de conhecer atividades diferenciadas, onde os alunos puderam se encantar ainda mais com o fantástico mundo da leitura.nmNo terceiro dia, a acolhida aconteceu no portão de entrada, onde alguns alunos participaram de um teatro encenando a criação da Emília do Sítio do Pica-pau Amarelo e recitaram poemas, tornando um momento diferenciado e acolhedor. Em seguida, as turmas se revessaram no cantinho coletivo de leitura realizando seu primeiro momento de leitura com professores caracterizados de acordo com sua leitura. Através dessas atividades os alunos tomaram conhecimento do 18 de abril e porque foi instituído como o Dia Nacional do Livro Infantil.