Get Adobe Flash player

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Política

LULA LIDERA REJEIÇÃO NO PAÍS, DIZ PESQUISA

Levantamento o instituto Paraná Pesquisas divulgado nesta última quinta-feira (23), revela que o ex-presidente Lula (PT) tem rejeição de 45,7% dos entrevistados entre os possíveis candidatos para Presidente do Brasil em 2018. O senador Aécio Neves (PSDB) aparece em seguida, com 25% e, logo atrás está o atual presidente, Michel Temer (PMDB), com 24,4% de rejeição.

Temendo falta de dinheiro em 2018, deputados pressionam PMDB a criar fundo para eleição

timthumbCom a indefinição no sistema de financiamento das campanhas em 2018, o PMDB discute a criação de uma espécie de “fundo eleitoral” próprio para suas candidaturas. A proposta é, a exemplo do que fazem outras legendas, bancar uma reserva permanente com recursos do Fundo Partidário para custear as campanhas de deputados que vão disputar a reeleição. Dirigentes têm receio de que, sem isso, parlamentares migrem para siglas que os ajudem financeiramente no ano que vem.

Governador de São Paulo Geraldo Alckmin visita Custódia

A imagem pode conter: 8 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e atividades ao ar livreO governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), esteve visitando as estruturas do Eixo Leste do Projeto de Integração do Rio São Francisco, que liga Pernambuco e a Paraíba. Acompanhado do ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, o tucano visitou também o reservatório de Copiti, em Custódia. Num grande gesto para o Sertão, o governo paulista cedeu super bombas capazes de acelerar o processo de chegada da água do Rio São Francisco até o reservatório de Coqueirão, na Paraíba. Essas bombas foram utilizadas para resolver o problema da seca na Cantareira em São Paulo, que entrou para a história como a maior seca da história. E devem ajudar a resolver os problemas da seca no agreste e no sertão pernambucano.

Justiça Eleitoral deve reprovar prestação de contas de dois candidatos em Afogados da Ingazeira

Resultado de imagem para prestação de contas reprovadas candidato

Dez dos 62 candidatos que disputaram vaga na Câmara Municipal de Vereadores de Afogados da Ingazeira, nas eleições municipais de 2016, apenas um deles teve as contas de campanha reprovadas pela Justiça Eleitoral. As outras contas apresentadas foram analisadas e deferidas.  Informações dão conta de que ainda existe uma conta no Ministério Público de Pernambuco – MPPE e esta possivelmente será reprovada. Lembrando que as decisões cabem recurso. Vale informar, que os vereadores eleitos seguiram à risca a legislação eleitoral e tiveram as contas aprovadas sem qualquer tipo de ressalva.

Deputados aprovam projeto para criação de documento único

modelo-da-nova-carteira-de-identidade-nacionalO plenário da Câmara dos Deputados aprovou na tarde desta terça-feira (21/02) o projeto de lei que determina que dados biométricos e civis, como RG, Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e o título de eleitor, sejam concentrados em um único documento: a Identificação Civil Nacional.

O projeto de lei 1775/15, apresentado pelo governo federal e pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), tramitava no Câmara desde 2015. O deputado federal Julio Lopes (PP-RJ) foi designado relator do processo, em julho de 2015, para a Comissão Especial que analisou o projeto. Lopes apresentou o substitutivo, que foi aprovado nesta terça. Agora, o projeto segue para a mesa do Senado.

Por aclamação Zé Patriota é eleito presidente da Amupe

O Prefeito de Afogados da Ingazeira, Zé Patriota (PSB), foi eleito por aclamação nessa terça-feira (21), como presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE). A eleição aconteceu na sede da Amupe e contou com a presença de prefeitos e lideranças políticas. Zé irá administrar a Associação Municipalista de Pernambuco – AMUPE no biênio de 2017/2019 .

A Diretoria eleita por aclamação ficou assim definida:

Presidente: José Coimbra Patriota Filho – Afogados da Ingazeira
Vice-Presidente: Ana Célia Cabral Farias – Surubim
1º Secretário: Xisto Lourenço de Freitas Neto – Aliança
2º Secretário: Mário Ricardo Santos de Lima Igarassu
1º Tesoureiro: João Batista Rodrigues dos Santos – Triunfo
2º Tesoureiro: João Tenório Vaz Cavalcanti Junior – São Joaquim do Monte
Secretária da Mulher: Débora Luzinete de Almeida – São Bento do Una

(Foto: Júnior Finfa).

Ex-vereadora rompe silêncio e diz que não mais se alia a grupo político liderado Emídio

Resultado de imagem para vereadora antonietaA ex-vereadora Antonieta Guimarães disse que não pretende se aliar mais ao bloco oposicionista liderado pelo empresário petista, Emídio Vasconcelos. Indagada sobre o seu futuro político, a ex-vereadora afirmou que vai continuar atuando e colaborando com o município.

Insatisfeita com alguns fatos ocorridos durante a campanha eleitoral, nas eleições municipais de 2016, quando teve o esposo Ramirinho, compondo a chapa majoritária da oposição, na condição de candidato a vice, Antonieta se disse arrependida de ter feito parte da coligação.

Apesar de não ter obtido sucesso nas urnas nas eleições de 2016 (recondução do cargo), Antonieta teve uma atuação satisfatória na Câmara Municipal, fazendo uma oposição propositiva e de responsabilidade. Sem mandato, a ex-vereadora agora vai se preparar para quem sabe novamente disputar uma cadeira na Câmara em 2020.

A febre Bolsonaro

63f32460b4A revista Veja desta semana traz uma reportagem, com chamada na capa, sobre o fenômeno Jair Bolsonaro, pré-candidato do PSC à Presidência da República. Traz informações impressionantes do repentino crescimento e da aceitação do nome dele especialmente nas redes sociais. Destaca que no deserto de homens e ideias da política brasileira, Bolsonaro arrasta multidões.

O deputado, capitão de reserva do Exército, dono de frases polêmicas, como “Nós vamos devolver o fuzil para o produtor rural” e “Cartão de visita para o MST é cartucho 762”, cresce pregando o uso da arma e da força para acabar com a bandidagem. Já passou o senador Aécio Neves e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, ambos tucanos, nas pesquisas de intenção de voto.

Na semana passada, segundo a revista, Bolsonaro foi recebido como popstar na Paraíba. Trinta minutos antes de iniciar sua palestra em Campina Grande, o auditório já estava lotado. Homem e mulheres jovens entoavam a palavra de ordem “Um, dois, três, quatro, cinco mil, queremos Bolsonaro presidente do Brasil”.

Disputa pelo Palácio em 2018 promete ser acirrada

Resultado de imagem para paulo camara e armandoEnfrentando uma dolorosa crise na segurança, o governador Paulo Câmara (PSB), já tentou de várias formas apaziguar a situação, mas até o presente não resolveu o gargalo maior da sua administração. O governador fez mudanças profundas no comado das polícias Civil e Militar. Não bastasse os índices elevados dos Crimes Letais Intencionais – CVLI no estado, Câmara enfrenta uma crise instalada dentro da segurança.

A Operação Padrão capitaneada pelo presidente da Associação de Cabos e Soldados – ACS, Albérisson Carlos continua e isso coloca em cheque a tranquilidade de muitos pernambucanos. Do outro lado, a oposição se aproveita do desgaste do governador para apontar os desmandos da violência que assola o estado CRIADOR do tão famoso programa Pacto Pela Vida.

Paulo Câmara precisa amadurecer politicamente e se convencer de que seu governo está enfraquecido, deixando de lado a antiga filosofia de que técnicos são mais importantes que políticos em cargos chaves. O que soa certamente aos seus ouvidos diuturnamente é que tudo isso é reversível e que doravante a imagem do governo irá melhorar. Eduardo Campos já não está aqui em carne e osso e o tempo das vacas gordas não mais existe.

Fica claro que a insatisfação dos policiais militares e dos servidores da educação principalmente os (professores) pode de fato trazer baixa nos dividendos eleitorais de 2018, registrando assim uma eleição acirrada entre o atual governador, caso tente a reeleição, contra o principal candidato da oposição. Câmara precisa urgentemente se acertar na gestão, para assim, ter a esperança de ser reconduzido ao cargo novamente. Se analisar bem, o próprio Câmara está ressucitando a oposição, dando pauta aos seus renováveis discursos…

Partidos lutam para ter Bolsonaro após desempenho meteórico em pesquisa eleitoral

Um dia após ser apontado como segundo colocado no cenário de votos espontâneos na pesquisa CNT/MDA da Confederação Nacional do Transporte (CNT) para a disputa presidencial de 2018, o deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) manteve nesta última quinta-feira (16/2) a rotina de participar de eventos militares, segmento onde espera contar com o maior número de votos na próxima eleição.

O levantamento apontou que Bolsonaro tem 6,5% das intenções de votos espontâneos para a Presidência, atrás apenas do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (16,6%), de acordo com CNT/MDA. “Tenho conversado na minha andança pelo Brasil. Em vários estados, o pessoal tem dito que acredita que eu possa ser uma opção para o Brasil”, disse o deputado.

Por volta das 8h30, Bolsonaro discursou no clube de bombeiros de Brasília sobre temas que têm feito parte de suas agendas, como problemas na segurança e previdência dos militares. Após deixar o local, foi para o plenário da Câmara, onde recebeu vários cumprimentos antes de deslocar para o Rio de Janeiro.

Contrariado com a direção do PSC, o deputado afirma que não vai disputar a próxima eleição pelo partido. “É decisão tomada da minha parte. Eu vou procurar outro partido. Pretendo até setembro no máximo estar definido”, ressaltou.

Propina: ministro acusado de levar R$ 7 milhões

Resultado de imagem para marcos pereira presidente nacional prb blog do itamarMais um ministro de Michel Temer caiu na lista da Odebrecht. Trata-se do bispo Marcos Pereira, da Igreja Universal, que recebeu R$ 7 milhões da Odebrecht para vender o apoio do PRB à chapa Dilma-Temer, em 2014.

O acerto foi revelado nas delações de Marcelo Odebrecht, Alexandrino Alencar e Fernando Cunha, segundo reportagem de David Friedlander e Andreza Matais.

Depois de apoiar a reeleição, Pereira rompeu com o governo Dilma e aderiu ao golpe parlamentar de 2016, ganhando, como contrapartida, o ministério do Desenvolvimento, mesmo sem ter qualquer afinidade com a área econômica ou industrial.

Senado paga R$ 270 mil para marqueteiro de senador

IMG_6236Residência oficial, carro novo de luxo, motorista, plano de saúde vitalício e muito dinheiro para bancar despesas mensais “extras”. Essas não são mordomias de alguma personalidade famosa da Noruega ou Suécia. São algumas das regalias disponíveis aos senadores brasileiros e que são bancadas com a verba indenizatória.

Os senadores podem contratar até 55 assessores, inclusive profissionais de assessoria de comunicação, com salários que variam de R$ 3,4 mil R$ 32 mil. Ainda assim há senadores que optam por contratar terceirizados a peso de ouro para a realização deste trabalho, uma espécie de ponte entre o parlamentar e a mídia. Essas contratações, e mais alguns penduricalhos, resultaram numa despesa de R$ 2,7 milhões aos cofres públicos apenas em 2016, o equivalente a pagar o novo salário mínimo a 2.881 trabalhadores.

teste
RESTAURANTE O MATUTO
"O SENHOR é meu pastor e nada me faltará"
Damol
Fale Conosco
Eletro Petro Motos
Jornal O Binóculo