Get Adobe Flash player

Para visualizar este conteúdo corretamente, é necessário ter o Flash Player instalado.

Saúde

Termômetros com mercúrio vão sair de cena até 2019

termometroA fabricação, importação e a venda de termômetros de mercúrio foi proibida pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Mas na prática, esse tipo de termômetro só deve ser banido em 2019. O motivo são os riscos do mercúrio para a saúde e para o meio ambiente.

Tem um risco grande de o termômetro cair e quebrar e de o mercúrio se espalhar. Se ele for inalado, pode provocar problemas sérios de saúde. Somos a última geração que vai poder dizer que mediu a febre com esse tipo de termômetro. Ele vai desaparecer das farmácias, das fábricas e dos serviços de saúde.

Depressão e desânimo atingem 59% dos desempregados

depressaoA pesquisa “Impactos do Desemprego: saúde, relacionamentos e estado emocional”, conduzida pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL), mostra que, além de trazer complicações à vida financeira, o desemprego afeta também o estado físico e emocional das pessoas. De acordo com o estudo, 59% dos entrevistados se sentem deprimidos ou desanimados, 63% estão estressados ou nervosos e 62% dizem ter estado angustiados. Também foram citados sentimentos de privação de consumo que tinha anteriormente (75%), ansiedade (70%) e insegurança de não conseguir um novo emprego (68%).

Cirurgia estética vaginal. Vai encarar?

genital

De acordo com o portal Vocativ, meninas adolescentes estão realizando cada vez mais um procedimento genital conhecido com labioplastia.

Tanto que o Colégio Americano de Obstetras e Ginecologistas (ACOG, em inglês) emitiu uma série de orientações sobre como os médicos devem conversar com elas sobre a cirurgia. Por consistir em uma intervenção para a redução dos pequenos lábios vaginais, muitas vezes por razões estéticas, os médicos devem conversar com elas sobre todo o procedimento e aconselhar sobre a real necessidade.

Apesar do crescente interesse das adolescentes na cirurgia de mamas, a labioplastia ainda é a mais popular. Nos Estados Unidos, em 2015, o número de casos envolvendo meninas de 18 anos, quase dobrou. Em 2014 foram realizadas 222 cirurgias enquanto que no ano passado, 400, caracterizando um aumento de 80%.

A labioplastia consiste em uma cirurgia para reparar os grandes ou pequenos lábios. É recomendada para casos em que o tamanho é atipicamente grande a ponto de causar complicações sexuais ou urinárias.

Dica do Cardiologista triunfense Dr. Antonio Melo

Resultado de imagem para atividade fisica cardiologiaSegundo o Cardiologista Dr. Antonio Melo “A atividade física regular é comprovadamente uma das melhores formas de reduzir a incidência de doenças cardiovasculares como infarto e AVC. Os benefícios são inúmeros como o melhor controle da diabetes, do peso corporal e da pressão arterial, diminuindo a necessidade de medicamentos. Além disso, o exercício regular leva a liberação de endorfinas, substâncias produzidas pelo próprio corpo que levam a uma sensação de bem-estar. “

Chega de picadas !

17472623Um adesivo colado na pele promete ser uma opção para acabar com as picadas diárias para medir os níveis de açúcar no sangue dos pacientes com diabetes. Criado na Coreia do Sul, o sensor mostrou nível de eficácia semelhante aos produtos que já existem no mercado. No entanto, precisa de mais estudos para se tornar comercial.

O segredo para frear o câncer que mais mata está no nariz

– “O câncer de pulmão é o que mais mata no mundo todo, e a razão é que quase sempre o diagnosticamos tarde”, diz em seu consultório o pneumologista Avi Spira, diretor do Centro Oncológico da Universidade de Boston (EUA).

“Quando os pacientes têm os primeiros sintomas e vêm ao médico, geralmente o tumor se espalhou para fora do pulmão e não há nada que possamos fazer”, lamenta. Esse tipo de câncer mata mais de 1,5 milhão de pessoas por ano no mundo, e a Organização Mundial da Saúde prevê que sua incidência aumentará 70% nas próximas duas décadas.

radiografia

Bullying na infância aumenta o risco de doenças crônicas na vida adulta

IMG_7501

Uma extensa revisão de estudos permitiu pesquisadores norte-americanos a concluir que o estresse crônico causado pelo bullying na infância aumenta o risco de a pessoa desenvolver, quando adulta, doenças sérias , como problemas cardíacos e diabetes.

“Nós encorajamos que profissionais de saúde analisem os efeitos do bullying tanto na saúde mental quanto na física”, afirma Susannah Tye, uma das autoras da pesquisa, publicada na edição de março e abril da revista de psiquiatria da Universidade de Harvard. No trabalho, ela e colaboradores citam mais de 100 trabalhos sobre o tema publicados anteriormente.

Próstata sem cirurgia

prostataCientistas desenvolveram uma nova e potencialmente revolucionária forma de terapia contra problemas de próstata que poderia um dia beneficiar homens em todo o mundo.

A técnica, que em ensaios realizados em Portugal apresentou resultados parciais de sucesso, se comprovada eficaz, será lançada em breve para uso de rotina no Reino Unido por meio da rede de saúde NHS. A técnica utiliza contas minúsculas de plástico que bloqueiam o suprimento de sangue no pênis, encolhendo a próstata aumentada sem a necessidade de cirurgia.

Metade de todos os homens britânicos com mais de 50 anos sofre com problemas de próstata aumentada que causa pressões na bexiga e bloqueio da uretra, o que resulta em problemas urinários e, consequentemente, renais. Todos os anos, 45.000 recorrem a cirurgias arriscadas para remover parte do problema. A operação, que além de ser dolorosa e invasiva, em alguns casos, pode causar disfunção sexual e incontinência.

Novo teste de sangue pode detectar presença de tumores

65498616_FILE-PHOTO-A-technician-holds-a-test-tube-with-a-blood-sample-at-thPesquisadores de Universidade da Califórnia em San Diego desenvolveram um novo teste de sangue que pode detectar o câncer, e informar em qual parte do corpo o tumor está crescendo. A técnica pode fornecer uma nova forma de diagnóstico em estágio inicial da doença, sem a necessidade de procedimentos invasivos, como os atuais procedimentos cirúrgicos para biópsias.

Hoje, exames de sangue são usados para detectar o DNA liberado por células cancerígenas e são capazes de detectar traços do tumor no sangue dos pacientes. Contudo, eles são incapazes de identificar a localização.

Poluição de carros adulterados pela Volkswagen causará 1.200 mortes na Europa

IMG_6974As emissões dos carros da Volkswagen vendidos na Alemanha entre 2008 e 2015 que foram adulterados para parecer menos poluentes causarão 1.200 mortes prematuras na Europa, segundo um estudo divulgado nesta sexta-feira.

“Os pesquisadores acreditam que 1.200 pessoas na Europa morrerão de forma prematura, perdendo até uma década de vida, como resultado do excesso de emissões geradas”, indicou o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), que participou no estudo.

Destas mortes, 500 ocorrerão na Alemanha e as demais em países vizinhos como Polônia, França e República Tcheca, segundo o estudo publicado na revista Research Letters.

Câmara discute uso de “pílula do câncer” na rede pública

CBNFOT161020151239-550x413A Secretaria de Saúde pode ser obrigada a distribuir na rede pública do DF a chamada “pílula do câncer”, a fosfoetanolamina sintética. Tramita na Câmara Legislativa projeto de lei que trata do assunto. De autoria da deputada Celina Leão (PPS), a proposta está na Comissão de Economia, Orçamento e Finanças (CEOF).

No ano passado, por maioria de votos, o Supremo Tribunal Federal (STF) deferiu liminar em Ação Direta de Inconstitucionalidade para suspender a vigência da lei federal que autoriza o uso da substância por pacientes diagnosticados com neoplasia maligna. Pelo projeto em discussão na Câmara Legislativa, a pílula do câncer será destinada como terapia paliativa para quem não estiver sob tratamento convencional.

Depressão cresce no mundo, segundo OMS

IMG_6559A depressão afeta 322 milhões de pessoas no mundo, segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS) nesta quinta-feira (23) referentes a 2015. Em 10 anos, de 2005 a 2015, esse número cresceu 18,4%. A prevalência do transtorno na população mundial é de 4,4%.

Já no Brasil, 5,8% da população sofre com esse problema, que afeta um total de 11,5 milhões de brasileiros. Segundo os dados da OMS, o Brasil é o país com maior prevalência de depressão da América Latina e o segundo com maior prevalência nas Américas, ficando atrás somente dos Estados Unidos, que têm 5,9% de depressivos.

teste