Saúde

Alzheimer pode ser acarretada por problemas no metabolismo

Um estudo publicado na revista científica Scientific Reports propôs uma nova abordagem sobre o Alzheimer. Segundo os pesquisadores, o desenvolvimento tardio da doença pode ter relação com o metabolismo do corpo do portador. Para eles, o fato do Alzheimer normalmente acometer pessoas de idades mais avançadas, em um momento da vida em que ocorrem diversas disfunções no metabolismo, é a chave para entender a doença. Continue Lendo

Cachorros também dormem mal quando têm um dia ruim

Cachorros, como os seres humanos, não dormem bem depois de passar por experiências negativas. É o que descobriram pesquisadores da Academia de Ciências da Hungria, que acompanharam a atividade cerebral de 16  caninos – alguns estressados após um dia difícil, outros não – durante o sono. Continue Lendo

Amamentação ajuda a prevenir câncer de mama

Amamentar ajuda na prevenção do câncer de mama. A mulher que amamenta diminui em cerca de quatro por cento o risco de ter um tumor nos seios, a cada 12 meses de amamentação. A coordenadora de alta e média complexidade da Secretaria de Atenção à Saúde do Ministério da Saúde, Inez Gadelha, conta os detalhes. Continue Lendo

Enzimas cardíacas e diagnóstico de infarto

Resultado de imagem para dr antonio melo blog do itamarAs enzimas cardíacas são proteínas que se localizam dentro da célula cardíaca. A partir do momento que a célula do coração sofre, como num infarto, essas enzimas são lançadas na corrente sanguínea e podem ser detectadas, confirmando assim a lesão cardíaca.

Daí a importância da solicitação e correta interpretação desses exames num paciente que se apresenta com dor torácica ou com um eletrocardiograma com alterações isquêmicas.

As enzimas cardíacas costumam ser dosadas de forma seriada, ou seja, no momento da internação e dentro de alguns intervalos, estabelecidos de acordo com o quadro clínico de cada paciente.

Com o advento desses marcadores, mais casos puderam ser diagnosticados e tratados, consequentemente ajudando na sobrevivência de muitos pacientes.

Dr. Antonio Melo

Especialista em Clínica Médica pelo HRC

Especialista em Cardiologia pelo PROCAPE

Os perigos da depressão pós-parto alertam para tratamento imediato

A chegada de uma criança reflete em novas responsabilidades que fazem parte da realidade das mulheres gestantes e em fase de puerpério, que é o período após o parto. ‘‘As mudanças relacionadas à gravidez e outras alterações fisiológicas aumentam o risco de recorrência ou de transtornos mentais’’, esclarece Dr João Marcos Meneses, ginecologista obstetra do Hapvida Saúde.

Uma em cada quatro mulheres no Brasil são acometidas pela depressão pós-parto.  Os dados são de uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e publicada na revista científica Journal of Affective Disorders, em abril de 2016. Continue Lendo

Nova cola cirúrgica promete fechar ferimentos em segundos

Se você já teve o azar de passar por algum procedimento cirúrgico, provavelmente sabe que os procedimentos certamente não acabam na sala de cirurgia. Mesmo depois disso, precisamos passar vários dias em recuperação, além de ter que lidar por semanas com a dor e o desconforto dos pontos que mantem seu ferimento fechado.

Felizmente ao menos parte desse processo está para se tornar menos incômodo para os pacientes. Isso porque um grupo de pesquisadores desenvolveu um novo tipo de cola cirúrgica extremamente eficiente, capaz de fechar seu ferimento em segundos.

Com o nome de MeTro, a cola, desenvolvida pela professora assistente Nasim Annabi em um esforço conjunto da Escola Médica de Harvard e da Universidade de Sidney, utiliza como base uma proteína humana modificada para responder a luz ultravioleta. Isso, por sua vez, quer dizer que é possível aplicar a substância na forma de gel e fazê-la secar literalmente em apenas um minuto.

Casos de Sifilis crescem 144% em Serra Talhada; veja os dados

Por falta de prevenção, os casos de sífilis registrados em Serra Talhada este ano cresceram 144% em comparação com 2016, segundo dados do Centro de Testagem e Aconselhamento – Serviço de Assistência Especializada (CTA/SAE), vinculado à Secretaria Municipal de Saúde. 
 
 Os número são alarmantes. De janeiro a dezembro de 2016 foram notificados 44 casos pelo CTA/Sae. Por outro lado, só nos primeiro oito meses de 2017, os registros já atingem 107 casos. A sífilis é uma doença sexualmente transmissível que, se não tratada, pode levar à morte. 
 
 Testes preventivos e tratamento para sífilis podem ser adquiridos no CTA/Sae de Serra Talhada gratuitamente. O órgão fica localizado na Rua Padre Ferraz no Centro da cidade. 
 
 Janeiro a dezembro – 2016 

44 notificações

Janeiro a agosto – 2017

107 notificações

 

Exercício é grande aliado no tratamento do câncer de mama

Uma vida longe do sedentarismo é o ideal para manter a saúde em dia. Além dos benefícios estéticos, o exercício físico é aliado na prevenção e tratamento do câncer de mama. De acordo com o oncologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Emerson Neves dos Santos, esse hábito também é capaz de evitar o reaparecimento da doença.

Essa relação positiva está diretamente ligada à capacidade da atividade física diminuir um fator de risco e liberar boas substâncias no organismo, como explica o médico. “O exercício diminui a chance de obesidade, que é um fator de risco, e libera substâncias anti- inflamatórias, que ajudam a inibir que a doença volte”.

Estudo da revista científica JAMA, da Associação Médica Norte-Americana, com dados referentes a 12 outras pesquisas, as quais englobam 1,44 milhão de pessoas, indicou que quem mais se exercita, apresenta menor percentual de câncer, entre eles, o de mama.

Consumo excessivo de carne está devastando o planeta

Resultado de imagem para carne bovina mal saudeO contínuo e crescente consumo de carne vêm causando impacto devastador no meio ambiente, alerta novo relatório da ONG WWF. Os danos são resultado da plantação para alimentar os animais, aponta o documento.

A vasta escala de crescimento na colheita de produtos como soja para alimentar frangos, porcos e outros animais causa uma forte pressão em cima dos recursos naturais, levando a perda em grande escala de terra e espécies, de acordo com o estudo.

Ministério da Saúde repassa R$ 30,4 milhões para combate ao Aedes aegypti

O Ministério da Saúde liberou em setembro R$ 30,4 milhões referentes à segunda parcela de recurso adicional para o combate ao mosquito Aedes aegypti.Ao todo, 3.148 municípios em 20 estados e o Distrito  Federal serão beneficiados porque cumpriram critérios para intensificar as medidas de prevenção e combate ao mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

Jovens não estão isentos de doenças do coração

A saúde do coração não está diretamente ligada à idade. Apesar da menor probabilidade ao problema, os jovens não estão imunes às doenças cardíacas. De acordo com o cardiologista do Complexo Hospitalar Edmundo Vasconcelos, Renato Arnoni, até os 30 anos os diagnósticos mais comuns não estão atrelados apenas aos maus hábitos. Continue Lendo

Doenças cardiovasculares são a principal causa de morte no Brasil, diz INC

As doenças cardiovasculares, das quais a mais comum é a hipertensão (pressão alta), são atualmente a principal causa de morte no Brasil, atingindo cerca de 30% da população. Para alertar sobre o risco dessas doenças, a Associação dos Servidores do Instituto Nacional de Cardiologia (INC) promoveu nessa sexta-feira (29), em frente à sede da instituição, em Laranjeiras, o evento Nenhum Batimento a Menos.

Continue Lendo

Ficar sentado é o novo ‘fumar’, afirma médica norte-americana

“Ficar sentado é o novo ‘fumar’. Não se movimentar e buscar um estilo de vida saudável é extremamente prejudicial. Atualmente, já é possível fazer uma conexão de que, quanto mais tempo a pessoa passa sentada, maior é o risco de mortalidade por doenças ligadas ao peso e à falta de exercícios”, afirma a Profa. Dra. Rita Raman, médica pediatra pela Universidade de Oklahoma, em palestra no Congresso Brasileiro de Nutrologia, que é realizado em São Paulo. A obesidade está associada a diversas doenças, como diabetes, doenças cardiovasculares, colesterol, artrite e doenças nas articulações, doenças autoimunes e problemas psicossociais, e paralelamente o sedentarismo é um dos piores fatores.
Continue Lendo

Coluna Cardio. Por: Dr. Antonio Melo

Resultado de imagem para dr antonio melo medico coração triunfo

 Quem faz uso de anticoagulante ou AAS pode fazer procedimento dentário?

Muitos pacientes necessitam fazer uso de medicações anticoagulantes, ou seja, medicações que dificultam a coagulação do sangue e também dos antiagregantes plaquetários que tem efeito sobre as plaquetas. Na cardiologia o uso amplo desses remédios, em casos de pacientes com arritmias ou em prevenção de infartos e AVC, deixam os pacientes apreensivos ao realizar procedimentos que possam sangrar.

Mesmo em uso dessas substâncias, o comparecimento frequente ao consultório odontológico é importante para prevenção de doenças, e em diversos casos a necessidade de realizar procedimentos invasivos é determinante para a boa saúde bucal. A recomendação na maioria dos casos é a NÃO suspensão das medicações.

Nos casos de pacientes que usam anticoagulantes, uma consulta prévia com seu cardiologista é importante para avaliar se os níveis do remédio estão adequados (falando por exemplo do remédio mais comumente usado, o Marevan). A recomendação da diretriz é que procedimentos como extração dentária sejam feitos com otimização da hemostasia (utilizando-se de suturas, compressão, etc), optando-se por retirar não mais que três dentes durante o mesmo procedimento.

Da mesma forma com o uso de AAS. Opta-se pela não retirada da medicação, realizando procedimentos menos invasivos e otimizando a hemostasia (procedimentos para controle de sangramentos.)

A suspensão do MAREVAN, por exemplo, em pacientes com próteses nas valvas cardíacas pode ser catastrófico, levando a quadros que levem a risco de morte, como a trombose de prótese.

A boa comunicação entre os profissionais de saúde é sem dúvidas a melhor forma de tratar casos como esse, já que o médico e o dentista podem avaliar juntos a situação, tendo como final a melhora da qualidade de vida do pacientes, reduzindo seus riscos.

Dr Antonio Melo

Especialista em Clínica Médica pelo HRC

Especialista em Cardiologia pelo PROCAPE

Um bilhão de adolescentes e adultos jovens correm o risco de prejudicar a audição com práticas de escuta inseguras

Um problema silencioso tem comprometido a saúde e a qualidade de vida de um bilhão de crianças no mundo, e no Brasil esses índices já são altos atingindo cerca de um milhão de crianças e adolescentes. Para esclarecer sobre essa questão, teremos o Encontro Norte/ Nordeste Cochlear de usuários e candidatos de toda a região, que é o primeiro encontro fora do eixo sul-sudeste. 
 
O Encontro Norte/ Nordeste Cochlear vai acontecer no dia 07 de outubro mas as inscrições já estão abertas para o público, gratuitamente. 

Cerca de 45% da população mundial sofre com distúrbios do sono

Segundo dados da Organização Mundial da Saúde, 45% da população mundial sofre com algum tipo de distúrbio do sono, seja a insônia, a apnéia do sono ou o ronco. De acordo com a Associação Brasileira do Sono, 24% dos homens e 18% das mulheres de meia-idade roncam; para aquelas pessoas que estão acima dos 60 anos, esse índice sobe para 60% e 40%, respectivamente.

O ronco é a vibração dos tecidos da garganta quando o ar passa e é mais frequente no homem a partir dos 30 anos e nas mulheres a partir da menopausa. Já a apnéia do sono é a obstrução das vias aéreas por alguns momentos durante a noite, como explica o dentista Sidnei Goldmann.

Número de casos de gripe caiu 81% este ano no Brasil

Resultado de imagem para gripeO número de casos de gripe no Brasil caiu 81% este ano em relação ao ano passado, com 2.070 casos e 361 óbitos até 28 de agosto. No mesmo período do ano passado, foram registrados 11.062 casos, com 2.007 mortes por influenza. Os dados sobre a circulação da gripe no país foram divulgados nesta quarta-feira (6) pelo Ministério da Saúde. Segundo a pasta, neste ano o vírus com maior circulação, até o momento, é o H3N2. Continue Lendo