Cientistas descobrem que mão dominante é definida ainda no útero da mãe

A mão que uma pessoa utilizará com maior frequência nas tarefas cotidianas, como escrever e pegar objetos, é determinada ainda na barriga da mãe. Mais precisamente na 18ª semana de gestação, segundo uma pesquisa italiana. Os investigadores chegaram a essa conclusão após analisar o desenvolvimento de 29 fetos por meio de uma técnica avançada de imageamento.

Segundo eles, a descoberta poderá auxiliar na identificação precoce de problemas caracterizados por assimetrias cerebrais, como o Parkinson e o autismo. Os achados foram publicados na revista americana Scientific Reports. A equipe partiu de resultados de estudos anteriores em que se buscou maneiras de identificar pistas relacionadas a possíveis problemas de saúde em bebês antes do parto.