Coluna do Itamar França

SEM FISCALIZAÇÃO

Resultado de imagem para ZE PATRIOTA AFOGADOSO prefeito de Afogados da Ingazeira, Zé Coimbra (PSB) administrou os quatro anos da primeira gestão e mais um ano da segunda, sem ser fiscalizado nem questionado pela Câmara Municipal. Zé pouco respondeu requerimentos, pouco consultou a Casa Legislativa e praticamente não participou de audiências públicas como meios de ouvir e de permitir que sejam ouvidos os interesses da comunidade em geral. De bico seco, mas na esperança de que as portas se abram em 2018, os vereadores pouco, ou não fiscalizaram os atos do prefeito, no tocante ao cumprimento da lei e da boa aplicação e gestão dos recursos públicos, que o diga a reforma e a iluminação do Estádio Vianão que será inaugurada sem ter sido realizado a fiscalização do material, bem como dos recursos empregados na instalação do sistema. Zé entra 2018 sem oposição na Câmara, isso porque dos 13 vereadores na Casa, 12 (doze) deles são da base governista. É a subserviência das subserviências. Um absurdo!

NÃO É PRIORIDADE

Resultado de imagem para EXCLUIDOSeguindo a linha de Zé Coimbra, os prefeitos de Solidão, Djalma Alves (PR), Betânia, Mário Flor (PTB), Custódia, Emanuel Fernandes (PSD), dentre outros, resolveram trabalhar diretamente para o povo. Informações dão conta de que a demanda apresentada pelos vereadores não são prioridades para o respectivos gestores. A grita dos vereadores é geral, mas muitos deles preferem engolir atravessado, na justificativa de que ‘verear’ sem prefeito é complicado. Assim, os parlamentares a cada dia vão perdendo força e o respeito dentro do meio político, deixando de cumprir o verdadeiro papel. E olha que são eles os (vereadores) quem fazem o papel principal na campanha política na caça pelo voto para eleger seus candidatos majoritários. São os verdadeiros burros de carga…

SEM APOIO DE RICARDO

Resultado de imagem para ALEDSON MOURA PRINCESA ISABELEm conversa com o Repórter do Pajeú, Itamar França, o médico e vice-prefeito de Princesa Isabel-PB, Aledson Moura confirmou sua pré-candidatura a Assembleia Legislativa da Paraíba. Filiado ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), Aledson não contará com o apoio do prefeito Ricardo Pereira do mesmo partido, com o qual foi eleito na mesma chapa nas eleições de 2016. A candidatura de Aledson deixa Ricardo numa situação pra lá de desconfortável, isso porque, terá o seu vice-prefeito pedindo votos em Princesa Isabel, se apresentando como candidato da terra. O médico está buscando apoio de lideranças na região e acredita obter uma votação satisfatória. Para muitos, o racha já foi anunciado, resta saber se o prefeito e o vice irão se enfrentar nas urnas em 2020.

DE FORA 

Resultado de imagem para JUNIOR MOURANão foi bom negócio para a médica Lúcia Moura ter exercido o cargo de vice-prefeita de Afogados da Ingazeira, na primeira gestão do prefeito Zé Coimbra. Pior ainda foi para a Casa de Saúde que ficou de portas abertas durante três meses, corroborando com o projeto político de Coimbra e, ao final faltou o retorno merecido. O grupo não indicou nenhuma secretaria e ainda de sobra teve limitações nas demandas concernentes a saúde do município… Nas emissoras de rádio local, Lúcia foi criticada diversas vezes pelos ouvintes, mas com o carisma que lhe é peculiar, a médica se sobressaiu, dando a volta por cima. A triste experiência vivenciada pela família Moura na política deixa de fora o grupo de qualquer envolvimento, pelo menos nos próximos pleitos. A verdade é que Dr. Edson, Lúcia e até Júnior Moura gostam de política, só não tiveram muita sorte com ela…

TEA DA DAMOL

Resultado de imagem para TEA DA DAMOLO empresário tabirense José de Arimatéia continua colaborando com o esporte regional. Téa é um dos parceiros do Afogados da Ingazeira Futebol Clube- AIFC, equipe que vai disputar novamente o Campeonato Pernambucano de Futebol.  Como prova do amor a terrinha, Téa resolveu trazer a Copa Damol para a cidade de Afogados da Ingazeira. O evento esportivo vinha sendo realizado Tabira. A Associação Afogadense de Futebol – AAF, coordenada pelo desportista Clério Alberto ficou encarregada de organizar o certame. Pelo relevante serviço prestado ao esporte, Téa recebeu o Título de Cidadão afogadense e carnaibano.