Detentos da Cadeia Pública de Afogados da Ingazeira criam produtos com materiais recicláveis

Com apenas cola e folhas de jornais, detentos da Cadeia Pública de Afogados da Ingazeira estão confeccionando vasos, transformando o que seria jogado no lixo em arte. Atualmente, três apenados trabalham no estabelecimento prisional, suas obras em materiais como madeira e jornal. Eles desenvolvem a confecção de baú, porta retrato, carteiras, abajur, revestimentos para garrafas, etc. A execução da arte, preenche o tempo ocioso de quem aguarda com tanta expectativa a tão sonhada liberdade.