PIONEIRO DA CIOSAC/BEPI

Títulos de atirador, conquistado em competições, medalhas de honra ao mérito, além de elogios na ficha disciplinar da briosa, pelos bons serviços prestados a sociedade. Esse é o saldo do trabalho do Cabo Wesvaldo Magalhães de França, que tem se dedicado ao Batalhão Especializado de Polícia do Interior (Bepi), antiga Ciosac.FOTO1

Hoje, no Curso de Formação de Sargentos (CFS), França é um dos poucos PMs ativo do Bepi que se manteve desde a criação. Ele ingressou na Polícia Militar de Pernambuco – PMPE, em janeiro de 1992. Os conhecimentos adquiridos pela Ciosac, agora se somam às doutrinas do Bepi para aperfeiçoar as técnicas de sobrevivência.